Quem é Jessica Prealpato, eleita como Melhor Chef de Confeitaria do Mundo de 2019?

Chef de Confeitaria no restaurante “Alain Ducasse” no PlazaAthénéeem Paris, JessicaPréalpato foi eleita pelos “World’s50 BestRestaurants” (“50 Melhores Restaurantes do Mundo”) a Melhor Chef de Confeitaria do Mundo de 2019. Esta foi a ocasião de descobrir suas criações, entre a culinária e a ‘naturalidade’ (que são inseparáveis dos produtos sazonais e seus produtores).

"Se a fruta no começo é muito doce, como as peras por exemplo, não vale a pena adicionar". Esta é um dos conselhos de JessicaPrealpato, honrada como a Melhor Chef de Confeitaria do Mundo de 2019 pelos “World’s 50 BestRestaurants”.

Já a atuar no coração de uma grande casa de excelência, achefJessicaPréalpato trabalha desde 2015 no restaurante do PlazaAthénée Paris. Com uma experiência notável, ela aprendeu com os melhores: Pierre Hermé, Dominique Ansel e Cédric Grolet(no ano passado).

É justamente o conceito de “confeitaria da naturalidade”ganha fama!

A jovem de 33 anos, nativa de Landes, diz se sentir muito honrada com este título que ela recebeu, o que lhe permite mostrar as cores da França e de Paris: "Estou muito orgulhosa de receber este prêmio dos ‘World’s 50 BestRestaurants’ . Este é um reconhecimento que, obviamente, serve para toda a equipe do restaurante Alain Ducasse no PlazaAthénée. Mas, também existe um outro valor técnico, que é toda a nossa abordagem da ‘confeitaria da naturalidade’ que ganhou reconhecimento! "

Naequipede trabalho do chefRomainMeder do restaurante “Alain Ducasse” no PlazaAthénée, a ChefJessicaPréalpatodesenvolveupor 3 anos um novo conceito de confeitaria enraizada na ‘Naturalidade’, baseado nasestações do ano e seus respectivos produtores, enfatizando o bom-gosto e valorizando o meio ambiente.

Alain Ducasse elogia o talento e a nova visão sobre a confeitaria

JessicaPrealpato usa a churrasqueira, o forno ou a panela. Ela testa, tempera, e ajustaos sabores. Ela gosta de fazer experimentos com a acidez e amargura. "O cliente não deve ficar entediado com a sobremesa. Cada mordida deve ser diferente. "E evocar a idéia de "Desseralité"* (“Sobremesidade”), mesmo além da própria massa, que deve ser espetacular.

Alain Ducasseelogia aChef de Confeitaria e decifra seu conceito: "Este prêmio é uma homenagem à audácia de Jessica que colocou o seu talento e seu trabalho a serviço de uma nova visão de confeitaria. Em perfeita concordância com a ‘culinária da naturalidade’, ela criou o termo “Desseralité” , baseada na paixão do produto e no domínio técnico absoluto".

JessicaPrealpato cresceu em um universo gourmet: seus pais são padeiros de confeitaria. Depois de ingressar na universidade e estudar alguns meses de psicologia – uma área que ainda a fascina – ela logo percebe que o que a faz realmente vibrar é a massa! Então, ela ingressou na escola de hotelaria em Biarritz, onde se especializouem "Chef de Sobremesas de Restaurantes".

Depois de iniciar sua carreira na “Chève d’Or”, em Eze, com o Chef Philippe Labbé, e, em seguida, com o Chef Philippe Etchebest, em Saint-Emilion no “Hostellerie de Plaisance”, ela juntou-se à mesa dos irmãos Ibarboureem Bidart, e, em seguida, assistiu o ChefFrédéricVardon para a abertura restaurante “39V” em Paris (onde ela trabalhou dois anos). JessicaPrealpatose torna então chefe júnior do “Park Hyatt Paris Vendôme”.

JessicaPrealpato publica seu livro “Desseralité”

Em novembro de 2012, FrédéricVardon confiou à Jessica a missão de confeiteira do grupo Corfou. Este cargo de chef executivo a leva a viajar na França e no exterior: Dubai, Tóquio, Beirute, São Petersburgo, etc. Ela foi, então, enriquecida por novas culturas, novos produtos, novos sabores ...

Em Novembro de 2015, ela se juntou à equipe de restaurantes “Alain Ducasse
PlazaAthénée” como chefe de confeitaria. Em novembro de 2018, JessicaPréalpato publica seu livro “Desseralité”, editado por Alain Ducasse, no qual o leitor pode descobrir seu universo através de 45 criações únicas e surpreendentes.

Ir mais
longe