Agora na França

A NÃO
PERDER 

Festivais, exposições, concertos ou outros eventos… Em France.fr, tal como em toda a França, há sempre alguma coisa acontecendo.

O Que Fazer?

Visite
a França 

Visitar lugares culturais excecionais ou fazer caminhadas nas montanhas. Um passeio a dois pela rota dos vinhos ou um cruzeiro com as crianças… Que viagem gostaria de fazer pela a França desta vez?

Locais de diversão para a comunidade LGBT ("gays e lésbicas") em Paris

Locais de diversão para a comunidade LGBT

Lugares de festa, de dança e de encontros íntimos, os clubes LGBT eletrizam a noite parisiense!

La boîte à frissons (Tango)

Com os seus serões temáticos e noites de dança, ambiente acolhedor e animado, este clube, com a sua clientela muito heterogénea, é ideal para uns passos de dança ao som de música pop com um repertório desde os anos 80 até dias de hoje. Ao serão, as paixões libertam-se assim que se ouvem as primeiras notas das tubas de Dalida!

Le Dépôt

Este clube gay reservado aos homens é perfeito para encontros íntimos, engates, dança e talvez algo mais... Todas as noites há um programa diferente mas os clientes são os mesmos. Se não tem medo de experimentar, este clube oferece, aos fins-de-semana, os serões mais tórridos da capital!

Banana Café

Com os seus serões temáticos, o Banana Café abre as suas portas para que possa festejar com os seus amigos até às primeiras horas da madrugada! Ponto incontornável da comunidade gay parisiense, ali pode divertir-se num ambiente alegre, descontraído e muito aberto à comunidade gay. Aproveite a Happy Hour até às 23 h e as sessões de piano bar aos fins-de-semana.

3W Café

Em Paris, as mulheres concentram-se neste bar com pista de dança, com o seu ambiente acolhedor e a sua ementa casual. Este clube organiza serões de encontros às cegas, "afterworks" ou ainda aperitivos temáticos. Neste bar propício a encontros íntimos, venha dançar num ambiente descontraído e sensual ao ritmo de música minimalista ou da música da casa.

Bear's Den

Agradável para beber um copo com amigos e para conhecer novas caras, este bar gay recebe de braços abertos os clientes mais tolerantes e calorosos - e, acima de tudo, muito peludos. Os corpos libertam-se na pista de dança, conhecida como "a gruta", nome que lhe foi atribuído por causa do seu ambiente muito quente.

Gibus

Com a sua decoração inspirada nos anos 60, esta discoteca noturna, que é também uma sala de concertos, é o lugar a visitar para ouvir as músicas mais inovadoras. Durante a semana, este local oferece um repertório de concertos audaciosos, e, nos sábados à noite, os melhores DJs da casa dominam a pista de dança.Open CaféSituado em pleno coração do distrito gay de Marais, o Open Café é o lugar ideal para ver e ser visto. Acolhedor, é o lugar perfeito para tomar um cocktail com os amigos num ambiente descontraído. Aos fins-de-semana, o lugar é invadido em massa; por isso, é aconselhável chegar cedo. Boas notícias: a Happy Hour dura até mais tarde durante a noite!

Cox

Este lugar bastante popular do Marais transforma a sua calçada em desfile ao estilo de Jean-Paul Gaultier o ano inteiro. O terraço fica ocasionalmente sobrelotado, especialmente durante a Happy Hour, mas apenas porque todos querem estar ali para dois dedos de conversa ou para um encontro íntimo. Aos fins-de-semana, a música fica a cargo dos DJs residentes e todos os corpos dançam ao ritmo da música.

Le Bar'Ouf

Criado por duas mulheres, o bar’Ouf é um lugar agradável e convivial. Aqui, irá sentir-se como em casa, divertindo-se a dançar, num lugar repleto de obras de arte acumuladas ao longo de diferentes exposições. São organizados torneios de bilhar uma vez por mês, para quem tem espírito de competição.

La Mutinerie

Divertimento, cultura e política fazem parte do programa neste espaço feminista bastante animado. A tolerância é a palavra de ordem e o direito à diferença é celebrado. Aos fins-de-semana é um lugar que convida à dança! O programa reflete a filosofia deste espaço: colorido e diversificado. Os temas são alternados, desde o grunge ao crioulo, passando pelo burlesco.

Paris 

Ir mais
longe