Os castelos habitados

Os castelos habitados pelas mesmas famílias ao longo dos séculos.

Castelo de Cheverny

Há mais de seis séculos que pertence à mesma família. Ela cuida do castelo há todos esses anos com paixão. Aliás, foi o primeiro castelo a ser aberto ao público, em 1922. Constance e Charles-Antoine de Vibraye nos convidam a vir sentir o que é a vida do castelo, tanto no seu interior quanto no parque florestal.

Castelo de Villesavin

A família de Sparre trata desse castelo desde 1937. Lars e Véronique de Sparre também seguiram os passos dos seus pais, que se tinham lançado no restauro desse castelo abandonado. Para o fazer reviver, eles propõem vários tipos de atividades: o museu do casamento, a fazenda dos animais… Situado a cerca de 10 km dos Castelos de Cheverny e de Chambord.

Castelo de Islette

Parecido como duas gotas de água com o Castelo de Azay-le-Rideau, a 3 km de distância! Foi aqui mesmo que, em 1890, Rodin e Camille Claudel viveram a sua relação apaixonada.
O castelo teve numerosos proprietários no decorrer dos séculos, mas pertence à mesma família desde a década de 1960. O castelo está aberto ao público desde 2010.

Castelo de Gizeux

É a família de Laffon que ocupa e que cuida desse castelo e das suas terras há 230 anos. Os visitantes podem se hospedar no castelo: foram disponibilizados quartos muito agradáveis. Camas de dossel, móveis de época, chaminés… a verdadeira vida de castelões, situado a 20 km do castelo de Langeais.

Castelo de Brissac

Pertence à mesma família há mais de 500 anos! Em 1502, um certo René de Cossé compra o senhorio de Brissac, cujo nome ele adota. Desde então, as gerações se sucedem: hoje habitado pelo Marquês e a Marquesa Charles-André e Larissa de Brissac e seus quatro filhos.

Castelo de Brézé

Em 1959, o castelo passa para a família de Colbert, descendentes de um dos principais ministros do rei Luís XIV. Hoje, é o filho de Bernard de Colbert, o Conde Jean, que, juntamente com sua esposa, a Condessa Karine, cuida dele. Em 2005 e 2014, fizeram obras importantes para restaurar e embelezar o castelo e suas terras.

Castelo de Goulaine

Este antigo castelo fortificado que esconde uma magnífica moradia em tufa pertence à família de Goulaine há mais de mil anos. 30 gerações mais tarde, está hoje em boas mãos: as da Marquesa de Goulaine (Gudrun) e de Christophe, o seu filho. Abriga uma interessante exposição sobre uma antiga fábrica de biscoitos em Nantes muito conhecida, a LU.