Agora na França

A NÃO
PERDER 

Festivais, exposições, concertos ou outros eventos… Em France.fr, tal como em toda a França, há sempre alguma coisa acontecendo.

O Que Fazer?

Visite
a França 

Visitar lugares culturais excecionais ou fazer caminhadas nas montanhas. Um passeio a dois pela rota dos vinhos ou um cruzeiro com as crianças… Que viagem gostaria de fazer pela a França desta vez?

Um ano histórico para a indústria do turismo na Ilha da Reunião

Após os números recorde registrados em dezembro de 2016, janeiro de 2017 e no primeiro semestre de 2017, hoje um novo recorde é estabelecido: nosso destino ultramar atravessou o limiar simbólico de meio milhão de turistas ao longo do ano 2017 com atendimento de mais de 550 mil visitantes.

Este ano de 2017 foi particularmente intenso e lucrativo para os profissionais do turismo da ilha, já que mais de 500 mil turistas foram bem vindos. Isso significa 11% a mais do que em 2016, que já teve um crescimento incomparável desde 2012!

2017 também permitiu que o setor de cruzeiros se desenvolvesse e assumisse um novo patamar no turismo local, já que o número de passageiros na ilha é um recorde histórico: 35 embarcações e mais de 43.276 passageiros de cruzeiro desembarcaram na ilha durante o período.

É importante notar que o aumento do número de turistas em 2017 teve efeito imediato sobre a economia local, já que os 350 milhões de euros de receita externa relacionados ao turismo foram gastos localmente.

Todos estes dados demonstram não só a eficácia das estratégias do destino, estabelecidas pelo Escritório de Turismo da Ilha da Reunião (IRT), a Região e os seus parceiros ao longo do ano de 2017, mas também e sobretudo ao movimento turístico em que hoje o destino está registrado e todas as partes interessadas institucionais e privadas.

A França metropolitana continua a ser o mercado mais presente na ilha intensa, com 78,3% do atendimento total. O número de turistas provenientes da França aumentou 7,59% em comparação com 2016 com 397.338 turistas.

Depois da metrópole, são os vizinhos no Oceano Índico que parecem cada vez mais conquistados pelo destino, já que o número de turistas da região aumentou quase 46% ao longo de um ano e representa hoje 6% do total de atendimento com 64.104 turistas.

A clientela de lazer continua em grande parte na maioria e representa 88,9% do volume total de chegadas na ilha, completada por 10,3% do turismo de negócios. A duração média de permanência desses turistas estrangeiros é de 17 dias, uma figura que permanece significativa em 2017 e para um destino de longa distância como a Reunião.

Situada no oceano Índico, a Reunião oferece o exílio de uma ilha tropical francesa e todas as facilidades de acesso de um território europeu. A 800 km a leste de Madagascar, a ilha de Reunião constitui com as ilhas Maurício e Rodrigues, o arquipélago das Mascarenhas.

Ela é uma montanha situada no oceano Índico, à imagem do Pico das Neves, que culmina a 3069 m. Vulcão sempre em atividade, o famoso Pico da Fornalha desperta de tempos em tempos, oferecendo então um espetáculo grandioso e permitindo admirar, sem perigo, suas torrentes de lava.

Em seus 2 500 km, a Reunião revela uma infinidade de locais surpreendentes e uma natureza de contrastes:

  • Reunião verde das florestas primitivas e de 3 grandes anfiteatros naturais: Mafate, que você só descobrirá ao pegar as trilhas de caminhadas; Salazie, festival de cascatas e de rios que iluminam a exuberante vegetação; Cilaos, com um inesperado vilarejo alpestre grudado na montanha.
  • Reunião azul das lagunas de Saint-Gilles, Saint-Leu e Saint-Pierre.
  • Reunião dourada das praias da costa ao vento e seus 30 km de areia amarela.
  • Reunião multicolorida onde explodem nos jardins, as cores vivas das flores tropicais e dos casebres crioulos.

A Reunião oferece mais de 70 atividades, de - 40 m sob o mar a + de 3000 m no ar. Descoberta das Terras Altas a cavalo, VTT [bicicleta para todos os terrenos] ou 4 x 4, caminhadas por 1000 km de trilhas sinalizadas, voos de parapente, de helicóptero ou de ULM [Ultraleve], por cima dos relevos majestosos, surfe nos célebres pontos em Saint-Gilles, sem esquecer da pesca esportiva, em busca do marlim azul ou do atum amarelo.

Imperdíveis:

  • O Vulcão e sua paisagem lunar da Planície das Areias
  • O Anfiteatro de Cilaos, situado a 1200 m de altitude, nos pés do Pico das Neves.
  • O Engenho de Bois Rouge para a descoberta do processo de fabricação do açúcar.
  • O Mercado de Saint-Paul, para o prazer dos sentidos.
  • A Maison de la Vanille, para a descoberta da Vanille Bourbon

reunion 

Ir mais
longe