Agora na França

A NÃO
PERDER 

Festivais, exposições, concertos ou outros eventos… Em France.fr, tal como em toda a França, há sempre alguma coisa acontecendo.

O Que Fazer?

Visite
a França 

Visitar lugares culturais excecionais ou fazer caminhadas nas montanhas. Um passeio a dois pela rota dos vinhos ou um cruzeiro com as crianças… Que viagem gostaria de fazer pela a França desta vez?

Passeio de barco pelo rio Sena

Quando o assunto é programação de atividades em Paris eu sou a primeira a encorajar atrações fora do circuito tradicional, mas há alguns passeios turísticos que encantam e valem muito a pena serem feitos. Um passeio de barco pelo rio Sena se encaixa nessa categoria de "imprescindíveis".

Diferente de mim - que só agora me rendi às graças do cruzeiro - a maioria dos visitantes faz esse tour na primeira visita a cidade e agora entendo o porquê. O barco dá um bom overview de Paris, saindo do cais aos pés da Torre Eiffel e passando por diversos ícones parisienses situados à beira d'água. como o Grand Palais, les Invalides, Musée d'Orsay, Louvre, Institut de France, Notre-Dame, Conciergerie, Hôtel de Ville, entre outros.

É lindo vê-los de outra perspectiva e poder contemplar o traçado arquitetônico que formam. Outro ponto alto é passar pelas pontes mais emblemáticas e ter a oportunidade de examinar o detalhes bem de perto. Também adorei prestar atenção no vai e vem de pessoas que caminham, correm, namoram ou relaxam às margens do rio. Um prato cheio para quem gosta de fotografar!

Fiz o passeio a convite da Bateaux Parisiens, uma das empresas mais renomadas de Paris. Eles possuem diferentes embarcações e serviços. Eu peguei o "cruzeiro comentado", ou seja, aquele com audioguide que traz informações históricas e curiosidades referentes aos lugares pelos quais passamos. A duração é de uma hora.

Fiquei surpresa com a estrutura e as instalações do barco: ele possui dois andares, sendo que o de cima é descoberto e ideal para quem quer curtir a vista. Já o andar de baixo é todo fechado em vidro, com alguns assentos de frente para a janela e outros que acompanham o mesmo layout de um trem. Há ainda um bar onde pode-se comprar bebidas e snacks.

Há ainda os "cruzeiros restaurante" mais exclusivos e luxuosos, com partidas programadas para o almoço ou jantar. Esses eu não testei, mas deve ser uma experiência bacana de se fazer ao menos uma vez, apesar dos valores mais salgados.

Dica: Os passeios começam e terminam no cais aos pés da Torre Eiffel, por isso minha sugestão é que você programe atividades nesta área antes ou depois do passeio (dependendo do horário do seu cruzeiro) para maximizar seu tempo. Os lugares mais óbvios seriam o Trocadéro e o Champs de Mars, mas deixo aqui uma outra dica: passeie pela Île aux Cygnes, uma estreita faixa de terra (com acesso somente para pedestres) construída entre a Pont de Bir-Hakeim e a Pont de Grenelle que conta com uma pequena réplica da Estátua da Liberdade em sua extremidade.

Para mais informações sobre a BateauxParisiens, acesse o site oficial aqui (Link externo).

Bisous :)

Carol

Este texto foi retirado do blog 30 Jours à Paris (Link externo). Para mais informações, acesse o site.