Agora na França

A NÃO
PERDER 

Festivais, exposições, concertos ou outros eventos… Em France.fr, tal como em toda a França, há sempre alguma coisa acontecendo.

O Que Fazer?

Visite
a França 

Visitar lugares culturais excecionais ou fazer caminhadas nas montanhas. Um passeio a dois pela rota dos vinhos ou um cruzeiro com as crianças… Que viagem gostaria de fazer pela a França desta vez?

O golfe à beira mar

Realizar um movimento de swing com vista inigualável sobre as águas azuis turquesa do oceano, a fantasia de todo jogador de golfe! Graças a um ambiente natural rico e diversificado, a França oferece vários percursos balizando seu litoral, do Mar do Norte ao Mediterrâneo, passando pelo Canal da Mancha e o Oceano Atlântico...

O culto do belo gesto está ancorado em numerosas estações balneárias desde o impulso do golfe, no início do século XX. Um dos dois percursos de 18 buracos do Golf du Touquet (la Forêt) (Link externo) data de 1904, e o Golf de Biarritz "Le Phare" (Link externo) foi desenhado em 1888!

Elegância e desempenho exprimem-se, também, em Deauville (Link externo)com um "18 buracos" e um compacto que se baseia no esprit golf e emLa Baule (Link externo) com dois percursos de 18 buracos.

Outra referência: Golf Blue Green Pléneuf-Val-André (Link externo), na Bretanha, cujo clube organiza um "Open de Bretagne" muito cotado entre os torneios europeus.

Os das margens mediterrâneas também prometem uma vizinhança sedutora:

- OGolf country-club de Saint-Tropez/Gassin (Link externo)

- O golf Blue Green de Sainte-Maxime (Link externo)

Eles oferecem, obviamente, uma admirável "vista para o mar".

Desenhado pelo arquiteto escocês Tom Dunn, em 1887, e inaugurado em 1890, o golf de Dinard é o décimo golfe nascido na França depois do Pau Golf Club (Link externo), que surgiu em 1856. Situado no norte da Bretanha, na Côte d'Émeraude e no município de Saint-Briac-sur-Mer, o Dinard Golf é fruto da iniciativa de jogadores de golfe britânicos, como o golf d’Etretat (Link externo).

De frente para o mar, esse campo golfe de 18 buracos oferece um esplêndido panorama, principalmente na ponta de La Haie, local classificado de La Garde Guérin. O terreno arenoso, organizado em matagais, dunas e falésias e rodeado por giestas e juncos, torna o percurso delicado e técnico, principalmente se o vento se mistura na partida. Para apreciar a fauna e a flora local, uma caderneta ecológica acompanha você no terreno.
Você notará que o buraco n°6 e seu green aos pés das falésias foi classificado entre os mais belos buracos do mundo pela Golf Magazine US!

Criado em 1908 por iniciativa de jogadores de golfe britânicos, assim como vários golfes marinhos, o golf d'Etretat oferece um passeio excepcional ao longo das, de agora em diante, célebres falésias: “Um golfe marinho no cume das falésias”.
Desenhado pelo arquiteto Julien Chantepie em colaboração com o legendário jogador de golfe Arnaud Massy, único vencedor francês do British Open em 1907, o percurso contava, originalmente, com apenas 13 buracos antes de uma reforma completa e uma extensão em 1992. O golf d’Etretat estende-se, agora, por 18 buracos e mais de 6 km, através de um terreno desafiador, principalmente em caso de mau tempo... mas que não deixa indiferente nenhum jogador, qualquer que seja seu nível!
E, se tiver vontade, descubra a baía d’Etretat, um lugar mágico e impregnado de história, que inspirou, principalmente, Arsène Lupin de Maurice Leblanc.

Na extremidade sul da Córsega, a alguns minutos de Bonifacio, o golf de Sperone é, certamente, um dos mais bonitos do mundo! Ele foi criado em 1985, sob a égide do célebre arquiteto Robert Trent Jones, que soube integrar o terreno à maravilhosa natureza da Córsega para torná-lo um lugar excepcional e, ao mesmo tempo, um campo à beira-mar, no interior das terras e da montanha.

Erguido acima do mar, em um cabo calcário com vista panorâmica sobre as águas translúcidas do Mediterrâneo e as praias de areia fina, o golfe de 18 buracos de Sperone está desenhado sobre 73 hectares de maquis semeados de rochedos graníticos com ponto marcante o buraco n°16, que propõe uma jogada por cima do mar! Um campo técnico que demanda um swing perfeito.

Denominado “Pebble-Beach of Med”, em referência ao Pebble-Beach, golfe de primeira linha dos Estados Unidos, no qual ocorreu, principalmente, o US Open 2010, esse local único oferece uma comunhão real com a natureza. A ilha de beleza sob todo seu esplendor. Você notará que desde a instauração da Loi Littoral (lei do litoral) em 1986, a construção de terrenos à beira-mar foi emoldurada para proteger as costas francesas dos excessos da especulação imobiliária e permitir o livre acesso do público aos caminhos litorâneos.

Links sociais

Ir mais
longe