Agora na França

A NÃO
PERDER 

Festivais, exposições, concertos ou outros eventos… Em France.fr, tal como em toda a França, há sempre alguma coisa acontecendo.

O Que Fazer?

Visite
a França 

Visitar lugares culturais excecionais ou fazer caminhadas nas montanhas. Um passeio a dois pela rota dos vinhos ou um cruzeiro com as crianças… Que viagem gostaria de fazer pela a França desta vez?

Aprender a cozinhar

Iniciação à cozinha francesa

Principiante na cozinha, quer aprender a fazer deliciosos pratos franceses? As aulas de cozinha irão satisfazer todas as suas expectativas: aprender simples dicas, dominar as técnicas básicas, realizar molhos... Alguns até oferecem para realizar um menu completo. Poderá assim impressionar os seus amigos de regresso à casa!

  • Os ateliers de cozinha e pastelaria na escola Le Cordon bleu (Link externo) (Paris): é onde Julia Child (interpretada por Meryl Streep no filme Julie & Julia) aprendeu as técnicas da cozinha tradicional francesa! « Cozinha regional francesa », « molhos clássicos e modernos » ou ainda « sabores mediterrâneos » estão ao programa desses ateliers.
  • « Aprender a manejar uma faca » ou « as técnicas de base da pastelaria » no Atelier des Sens (Link externo) (Paris): aqui o objetivo é de transmitir os bons gestos para facilitar a realização de bons pratos.
  • O menu da temporada no atelier des Chefs (Link externo) (Paris e nas grandes cidades de França): uma entrada, um prato e uma sobremesa em 1h30. Evidentemente, um chefe irá acompanhá-lo na realização das receitas, indicando todas as técnicas e conselhos necessários. Saboreia de seguida a sua realização e recebe por email as receitas.

As aulas de cozinha temáticas

Em relação as aulas de culinária, tudo é possível: dos ateliers de cozinha biológica ou dietética passando pela padaria, a pastelaria ou ainda a realização de receitas à volta de um produto em particular tal como a trufa, o foie gras ou o peixe...

  • ateliers de cozinha biológica com What’s for Dinner (Link externo) (Paris): descubra os ingredientes mais importantes da cozinha biológica (puré de oleaginosas, farinhas pré-cozidas, algas, leite vegetal, xarope de agave...) e realizar uma refeição completa a base de frutas e legumes da estação.
  • A massa de pão sob todas as suas formas no atelier gourmand (Link externo) (Mantes la Jolie): no fim desta aula de duas horas, será um mestre na confeição de pão, e até de pizza caseira!
  • Fim-de-semana descoberta da trufa na Auberge de la Truffe (Link externo) (Sorges, no Périgord): em companhia do chefe Pierre Corre, vive durante dois dias ao ritmo da trufa preta do Perigord. Aprende à identificar uma boa trufa no mercado local, visite o ecomuseu da trufa assim como uma trufeira com procura de trufas e confeciona várias receitas à base de trufas.
  • Os ateliers gourmets à volta do chocolate na escola Valrhona (Link externo) (Tain l’Hermitage, em la Drôme na região Rhône-Alpes): provas, gestos específicos, técnicas… durante essas aulas de pastelaria, alguns chefes pasteleiros irão transmitir os seus conhecimentos à volta do chocolate.

Com um chefe estrelado

Os gastrónomos podem virar-se para escolas de cozinha profissionais ou orientar-se para aulas realizadas por grandes chefes.

  • Atelier Guy Martin (Link externo) (Paris): o chefe de Grand Véfour convida-o à «desmistificar a grande cozinha» no quadro único de um hotel particular. Ingredientes, técnicas, ligações de sabores… nada é deixado ao acaso.
  • Escola de cozinha Alain Ducasse (Link externo) (Paris): é um cozinheiro experiente? A aula «a alta cozinha de Alain Ducasse» é para si! Trabalha com produtos nobres e confecione um menu degustação com as mais belas receitas do chefe.
  • Escola de cozinha de Saint-James (Link externo) (Bouliac, perto de Bordéus): sob a tutela de Benjamin Bonnay, o segundo do chefe Nicolas Magie, revisite os clássicos da cozinha francesa.
  • Scook (Link externo), a escola de cozinha de Anne-Sophie Pic (Valence): a única mulher chefe 3 estrelas no guia Michelin em França criou esta escola «para que cada um volta a aprender à cozinhar sem nunca se aborrecer».

FRANCE 

Ir mais
longe