Agora na França

A NÃO
PERDER 

Festivais, exposições, concertos ou outros eventos… Em France.fr, tal como em toda a França, há sempre alguma coisa acontecendo.

O Que Fazer?

Visite
a França 

Visitar lugares culturais excecionais ou fazer caminhadas nas montanhas. Um passeio a dois pela rota dos vinhos ou um cruzeiro com as crianças… Que viagem gostaria de fazer pela a França desta vez?

5 lugares com pisos incríveis em Paris

Sou aficionada por pisos e azulejos! Já virou mania fotografar chãos e paredes por onde quer que eu passe. Entre cafés, igrejas e museus reuni uma pequena mostra com 5 fotos que revelam só um detalhe da atração: o piso. Você é capaz de reconhecer esses lugares?

O primeiro local foi fundado depois da Primeira Guerra Mundial em agradecimento aos soldados muçulmanos provindos das colônias francesas muçulmanas. Já sabe do que se trata?

A Grande Mosquée de Paris é inspirada na arquitetura andaluza e marroquina e toda sua parte decorativa, especialmente o zellij, foi confiada a artesãos do norte da África. O zellij (tradução: pequena pedra polida) é um mosaico cujos elementos (chamados tesselas) são pedaços de azulejos coloridos. Essas peças de cerâmica são cortadas uma a uma e montadas sobre uma camada de argamassa para formar um conjunto geométrico. O zellij é usado, principalmente, para decorar paredes e fontes e é um componente característico da arquitetura árabe-andaluza, presente em países como Argélia, Espanha e Marrocos.

Difícil? Vamos ao próximo! Esse está em todo roteiro de viagem e, mesmo assim, muita gente ainda passa batido, provavelmente, porque só olham em direção ao incrível monumento logo à frente.

O ponto zero das estradas da França é também o ponto zero de Paris, ou seja, o marco 0 (zero) de todas as estradas que saem da capital e, por isso, é usado como referência para o cálculo das distâncias de outras cidades da França. Essa placa incrustada no piso de pedra está localizada no Parvis-Notre-Dame, bem em frente à entrada principal da Catedral. É engraçado quando as filas para visitar a Notre-Dame estão imensas e ninguém presta atenção no marco. Basta um se dar conta da placa e pronto! A aglomeração está formada... rs.

O próximo piso se encontra dentro de uma instituição sagrada e não muito distante da Notre-Dame. Já imagina onde seja?

Apesar dos mosaicos trabalhados, o chão, definitivamente, não é a maior atração por aqui - mesmo se estivessem recuperados e bem cuidados. Na capela alta, basta olhar pra cima para entender que a competição é desleal! Estamos na Sainte-Chapelle, um dos monumentos mais antigos da Île de la Cité, construída em estilo gótico para servir de capela ao palácio real e abrigar uma coleção de relíquias religiosas, que incluía parte da coroa de espinhos de Jesus Cristo - atualmente guardada na Notre-Dame. Sustentados por finíssimas colunas estão seus enormes vitrais, que são considerados uns dos mais belos do mundo. O teto também é deslumbrante: todo pontilhado com estrelas douradas. Nesse post, você terá que se contentar só com o chão mesmo!

O Petit Palais é originalmente conhecido por Palácio das Belas Artes da Cidade de Paris. A decoração é bastante rica, com a presença de elementos em ferro forjado, como o portão de entrada e as escadas, e ornamentado com vitrais, mosaicos e pisos feitos de pedras nobres, formando um conjunto luxuoso e imponente. Percorra todo o trajeto do pátio interno à beira do jardim para conferir essa verdadeira obra de arte por onde pisamos!

O último piso da lista decora o salão de um dos cafés mais tradicionais da cidade. Vai arriscar o chute?

O Café Les Deux Magots está localizado em um ponto estratégico no bairro de Saint-Germain-des-Prés - na praça em frente à igreja - e se tornou famoso ao longo de sua história por conta dos ilustres habitués, artistas e intelectuais, como Simone de Beauvoir e Sartre, Rimbaud, Ernest Hemingway, Picasso, François Truffaut, entre outros. Seu terraço e o espaço reservado na praça são sempre disputados, deixando o belo salão com original art déco mais sossegado.

E aí, como se saiu? Da próxima vez que visitar esses e outros lugares na cidade olhe para baixo também! Viu como vale a pena?

  1. La Grande Mosquée de Paris: Metrô Place Monge (foto 2)
  2. Point Zero des Routes de France: Metrô Saint-Michel (foto 3)
  3. Sainte-Chapelle: Metrô Cité (foto 4)
  4. Petit Palais: Metrô Champs-ElyséesClemenceau (foto 5)
  5. Café LesDeuxMagots: Metrô Saint-Germain-des-Prés (foto 6)

Este texto foi retirado do blog 30 Jours à Paris (Link externo). Para mais informações, acesse o site.