Agora na França

A NÃO
PERDER 

Festivais, exposições, concertos ou outros eventos… Em France.fr, tal como em toda a França, há sempre alguma coisa acontecendo.

O Que Fazer?

Visite
a França 

Visitar lugares culturais excecionais ou fazer caminhadas nas montanhas. Um passeio a dois pela rota dos vinhos ou um cruzeiro com as crianças… Que viagem gostaria de fazer pela a França desta vez?

2017, o ano do turismo sustentável

Em dezembro de 2015, a Assembléia Geral das Nações Unidas declarou que 2017 será o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento. A ideia principal é de enfatizar a importância da promoção do turismo de forma responsável.

O lançamento oficial do Ano do Turismo Sustentável foi em Madri no dia 18 de janeiro de 2017. Desde 2009, a chegada de turistas internacionais registrou um aumento anual de 4% ou mais.Em 2014, esses números aumentaram de 4,3% e de 4,6% em 2015.

Segundo o UNWTO World Tourism Highlights 2016, a chegada de turistas internacionais em todo o mundo passou de 25 milhões em 1950 para 1,186 bilhões em 2015. No mesmo ano, houve um crescimento de 52 milhões de turistas em relação a 2014, sendo destes, 53% viajando a lazer. No total, os gastos dos turistas em hospedagem, alimentação, bebidas, lazer, shopping etc..., chegaram a 1,26 bilhões de dólares em 2015.

A França, os Estados Unidos, a Espanha, a China e a Itália estão entre os destinos mais procurados pelos turistas.

Além de promover um crescimento econômico sustentável e inclusivo o foco do Ano Internacional de Turismo Sustentável será também sob as questões humanas, ecológicas e culturais.

As ações abordarão temas como a inclusão social, a redução da pobreza, a proteção do meio ambiente e as mudanças climáticas, levando em consideração valores epatrimônios culturais, diversidade, entendimento mútuo, paz e segurança.

Graças ao lançamento do Ano do Turismo Sustentável, é esperado que o comportamento do consumidor do setor de turismo melhore, que as políticas que encorajam as práticas sustentáveis mudem e que os provedores de serviços da área incentivem o turismo responsável.