Agora na França

A NÃO
PERDER 

Festivais, exposições, concertos ou outros eventos… Em France.fr, tal como em toda a França, há sempre alguma coisa acontecendo.

O Que Fazer?

Visite
a França 

Visitar lugares culturais excecionais ou fazer caminhadas nas montanhas. Um passeio a dois pela rota dos vinhos ou um cruzeiro com as crianças… Que viagem gostaria de fazer pela a França desta vez?

Languedoc - Mediterrâneo: o que fazer, o que ver…

Em Toulouse, a ponte Saint-Pierre ao pôr do sol
Entre o mar e as montanhas, as festividades de Languedoc e as especialidades culinárias, a região de Languedoc possui um conjunto de tradições, de estâncias balneares e de culturas. Uma região Sul intimista, dedicada à natureza, jovial, acolhedora e deliciosa. Entre o relaxamento e a vertigem, descubra o Languedoc em versão ajuizada ou aventureira. 
O QUE VER
  • Montpellier
  • Nîmes, cidade romana
  • Sète
  • Perpignan, cidade catalã
  • A ponte de Gard
  • Narbonne, Gruissan e os seus vestígios romanos
  • Aigues-Mortes
  • Collioure
  • La Grande-Motte e a sua arquitetura e design
  • Os castelos cátaros
O QUE FAZER
  • Descobrir os campos selvagens de Saint-Guilhem-le-Désert
  • Meditar no lago de Salagou
  • Retemperar forças na tranquilidade em Cévennes ou em Lozère
  • Perder-se pelas ruas de Pézenas
  • Deixar-se surpreender pela vista do viaduto de Millau
  • Admirar o monte Canigou a partir da praia de Mar Estang
  • Penetrar nas famosas arenas de Nîmes
  • Alugar uma bicicleta ao longo do canal de Midi
  • Iniciar-se no kitesurf no spot de Leucate
  • Fazer de conta que está no Amazonas em plena região de Camargue
O QUE PROVAR
  • A bouillinade
  • A bourboulhade
  • A bourride
  • As espetadas grelhadas de mexilhões ou de pequenos polvos
  • A brandada de bacalhau
  • A ollada
  • O enchido fuet catalão
  • A roussillonnade
  • Uma gardianne de touro
  • Os pequenos patês de Pézenas
O QUE RELATAR
  • Os figos
  • O azeite "Lucques"
  • As grisettes de Montpellier
  • Os zézettes de Sète
  • O sal de Aigues-Mortes
  • O arroz de Camargue
  • A tielle sétoise

Como chegar à Occitânia