Agora na França

A NÃO
PERDER 

Festivais, exposições, concertos ou outros eventos… Em France.fr, tal como em toda a França, há sempre alguma coisa acontecendo.

O Que Fazer?

Visite
a França 

Visitar lugares culturais excecionais ou fazer caminhadas nas montanhas. Um passeio a dois pela rota dos vinhos ou um cruzeiro com as crianças… Que viagem gostaria de fazer pela a França desta vez?

Uma viagem fora dos circuitos turísticos: o paraíso preservado de Wallis e Futuna.

Uma família a tomar banho numa lagoa azul
Se o fotógrafo Jean-François Marin tivesse que descrever as ilhas Wallis e Futuna, diria que ficou surpreendido pelo seu isolamento, o que as mantém bem preservadas. Sentimo-nos como o Robinson Crusoé. As flores, as frutas, os pescadores, o ambiente pouco desenvolvido... As pessoas contam só consigo próprias, plantam e cultivam a terra, são independentes. É um mundo completamente diferente para descobrir, quase em exclusividade…

Estas ilhas emanam um aroma a tiaré. Os colares são sempre bem trabalhados, numa mistura de flores e tecidos, confecionados todos os dias. Também se podem oferecer. Tinha bastantes no meu quarto e não conseguia deitá-los fora.

Uma viagem fora dos circuitos turísticos: o paraíso preservado de Wallis e Futuna.

Estas ilhas emanam um aroma a tiaré. Os colares são sempre bem trabalhados, numa mistura de flores e tecidos, confecionados todos os dias. Também se podem oferecer. Tinha bastantes no meu quarto e não conseguia deitá-los fora.

Uma viagem fora dos circuitos turísticos: o paraíso preservado de Wallis e Futuna.

O lago de Ha’afuasia no distrito de Ha Haque.

Vista de ultraleve da ilhota Nukutapu e do recife da lagoa a norte de Wallis.

Uma viagem fora dos circuitos turísticos: o paraíso preservado de Wallis e Futuna.

Vista de ultraleve da ilhota Nukutapu e do recife da lagoa a norte de Wallis.

Uma viagem fora dos circuitos turísticos: o paraíso preservado de Wallis e Futuna.

O forno tradicional Umu. Faz-se um buraco na terra e coloca-se lenha e pedras. Cobre-se com folhas de bananeira onde cozem os ingredientes durante 4 horas.

As jovens da aldeia tomam banho à noite junto à cascata Vainifao, em Futuna.

Uma viagem fora dos circuitos turísticos: o paraíso preservado de Wallis e Futuna.

As jovens da aldeia tomam banho à noite junto à cascata Vainifao, em Futuna.

Uma viagem fora dos circuitos turísticos: o paraíso preservado de Wallis e Futuna.

Na aldeia de Ono, no reino de Alo, em Futuna. Ao cair da noite, os homens preparam a kava, uma bebida tradicional à base de raízes. O seu sabor a terra e alcaçuz dá-me vontade de dormir.

Uma viagem fora dos circuitos turísticos: o paraíso preservado de Wallis e Futuna.

Na aldeia de Ono, no reino de Alo, em Futuna. Ao cair da noite, os homens preparam a kava, uma bebida tradicional à base de raízes. O seu sabor a terra e alcaçuz dá-me vontade de dormir.

A partida dos estudantes em Futuna. Em fevereiro, os jovens deixam a ilha para ir estudar em Wallis ou no continente, durante um ano ou mais. Vê-se a tristeza na cara das famílias.

Preparam-se festividades. Os homens treinam antes de uma corrida de canoa na lagoa de Wallis.

Uma viagem fora dos circuitos turísticos: o paraíso preservado de Wallis e Futuna.

Preparam-se festividades. Os homens treinam antes de uma corrida de canoa na lagoa de Wallis.

Está tanto calor que até se toma banho vestido e seca-se em 15 minutos.

Uma fortaleza tonga antiga em Talietumu.

Uma viagem fora dos circuitos turísticos: o paraíso preservado de Wallis e Futuna.

Uma fortaleza tonga antiga em Talietumu.

Uma viagem fora dos circuitos turísticos: o paraíso preservado de Wallis e Futuna.

As jovens da ilha participam num retiro espiritual na ilha de Futuna.