Agora na França

A NÃO
PERDER 

Festivais, exposições, concertos ou outros eventos… Em France.fr, tal como em toda a França, há sempre alguma coisa acontecendo.

O Que Fazer?

Visite
a França 

Visitar lugares culturais excecionais ou fazer caminhadas nas montanhas. Um passeio a dois pela rota dos vinhos ou um cruzeiro com as crianças… Que viagem gostaria de fazer pela a França desta vez?

A Ponant faz escala pela primeira vez nas ilhas de Wallis e Futuna

A Ponant navegará pela primeira vez em Wallis e Futuna no outono de 2018.

Para comemorar os seus 30 anos, a companhia de cruzeiros Ponant vai rumar este ano para estes pedacinhos de França perdidos no meio do Pacífico. Evasão total.

A Ponant trabalha neste projeto desde 2014 para festejar o seu trigésimo aniversário. Nos dias 26, 27 e 28 de setembro de 2018, o navio Austral navegará pela primeira vez até Wallis e Futuna, no âmbito do cruzeiro "Ponant comemora os seus 30 anos na Polinésia", que irá decorrer entre 24 de setembro e 6 de outubro de 2018.

Escala em Alofi, uma ilha paradisíaca situada em frente a Futuna

O itinerário de 13 dias e 12 noites partirá de Lautoka, nas ilhas Fiji, e terá como destino Papeete. Durante o cruzeiro, os passageiros farão uma escala de três dias nas ilhas francesas de Wallis e Futuna. Primeiro em Alofi, uma ilha paradisíaca situada em frente a Futuna e que pertence igualmente ao território ultramarino francês. Rodeada de água azul-turquesa e praias de areia fina, esta ilha apresenta uma grande variedade de fauna marinha. Os passageiros poderão igualmente desfrutar da paisagem ao percorrer a estrada junto à costa.

Em seguida, dirigir-se-ão a Futuna para visitar, no interior da ilha, a igreja Villa Malia de Leava, conhecida pelas celebrações anuais da Virgem Maria, santa padroeira da aldeia.

Arquitetura colonial e um lago de cratera

No dia seguinte, irão até Mata Utu, capital da ilha de Wallis, para descobrir a arquitetura colonial do Palácio do Rei, em frente ao qual decorrem as festas tradicionais. Depois poderão visitar a catedral da Nossa Senhora da Assunção, construída no século XIX, que acolhe a sede da diocese de Wallis e Futuna. A escala termina com um passeio junto ao lago de Lalolalo. Com 82 metros de profundidade, é certamente o lago de cratera mais impressionante de Wallis.

Novos itinerários em estudo para 2020

"A Ponant apaixonou-se por esta região e mantém-se fiel à sua filosofia de ir aonde as outras companhias não vão. Ir a Wallis e Futuna para comemorar os nossos 30 anos também é simbólico, pois é o local de registo da nossa frota", explica Hervé Bellaïche, Diretor-Geral Adjunto Comercial e Marketing da Ponant.

Os passageiros, "na maioria francófonos e fiéis à companhia", navegarão a bordo do Austral. Tal como os outros navios da frota, este barco de 142 metros ostenta uma atmosfera de luxo, discrição e bem-estar. A companhia privilegia a intimidade, com um número limitado de camarotes: apenas 132, e todos com varanda. Os 210 passageiros terão à sua disposição diversos serviços de alta gama: dois restaurantes, incluindo um gastronómico, piscina, bar exterior, terraço, ginásio e spa.

Photo 2 - L’Austral, un luxueux yacht qui compte 132 cabines. (c)Ponant - François Lefebvre

Os passageiros poderão ainda desfrutar da presença a bordo do navegador Olivier de Kersauson, que acompanha frequentemente a companhia há alguns anos, e falará várias vezes em conferências na ponte de comando ou no teatro.

Tendo em conta o sucesso deste cruzeiro inédito, "os clientes precipitaram-se", revela Hervé Bellaïche, e a companhia não exclui a hipótese de criar novos itinerários para Wallis e Futuna em 2020.

Como chegar a Wallis e Futuna