24h com os pés descalços no hotel Misincu na Córsega

A vista dos terraços do Hotel Misincu, na Córsega, apresenta um espetáculo de cores verdes e azuis. Os raios de sol mostram a sua cor dourada projetada na praia em que andamos com os pés na areia, enquanto avistamos o tom prateados das oliveiras e do riacho que corre abaixo. Este é o primeiro hotel 5 estrelas em Cap Corse e possui uma fachada discreta, afastada da pequena estrada costeira, a poucos passos do Porto de Porticciolo. Este é o refúgio ideal para se desconectar do mundo na Ilha da Beleza ...

5h45: Sol nascente

Pouco antes das seis horas da manhã, a ilha italiana de Capraia se banha na cor rosada dos primeiros raios de sol. Localizada na primeira estância, na costa leste, o Hotel Misincu assiste ao jogo de cores do amanhecer projetado nos céus com os pássaros que deslizam entre os ventos..... A Córsega se levanta cedo! Nós não precisamos fazer o mesmo, mas vale a pena aproveitar a beleza do nascer do sol pelo menos uma vez...

10h – Uma preguiça deliciosa

Voltamos para a cama ... Piso de carvalho, malha de conchas, tronco de árvore para decorar a cabeceira da cama... Os 32 quartos de Misincu evocam a natureza espiritual. O hotel se orgulha de seu rótulo ecológico europeu. Leve e cheia de frescor, a manhã flui como a areia fina, muito depressa!

11h - Nadar na lagoa

Os fortunados habitantes do Parque Natural Marinho, os Cap-Corsins preservam as possidónias (plantas aquáticas) que protegem seu litoral da erosão. Especificamente para o Mediterrâneo, estas plantas aquáticas secam e formam bancos espessos na areia. Intrigante à primeira vista, elas são suaves e agradáveis aos pés. Estas plantas também contribuem para a cor deslumbrante da lagoa.

14h30 – Momento de leitura em boa companhia

Os dois níveis do hotel estão organizados em torno de duas pequenas praças: Praça André Giudicelli e Praça Gabrielle Biaggi. Uma se localiza na piscina a 28 °, a outra em uma biblioteca abastecida com livros renomados. Bandidos folclóricos, esculpidos no carvalho, decoram o ambiente. E, um troféu lembra o antigo nome do hotel, o “Caribou”, que era frequentado em sua época por Serge Gainsbourg e Romy Schneider.

16h – A cultura dos vegetais

Suspendidas de viejos alisos, las fresas se balancean. Las paradas plantadas con ajo y frijoles dibujan espirales. La nepita, la planta aromática por excelencia, comparte su banco con zinnia decorativa. ¡Ese jardín es curioso! Los principios de la permacultura guían sus curvas, explica Quentin Jamet, el jardinero. ¿Las horas calientes juegan horas extras? Un pequeño viaje al río modera el calor del sol.

17h – Passeio no bosque

As horas mais quentes do dia se passaram. Agora podemos nos aventurar um pouco mais! Dezoito trilhas a pé se iniciam do hotel. Assim, no final da praia, uma trilha sobe suavemente até a Serra, chamada de ‘espinha dorsal montanhosa’ da Cidade do Cabo. Depois de quatro quilômetros entre arbustos, murtas e aroeiras aromáticas, podemos, enfim, apreciar o azul celeste do céu.

18h30 - Spa refrescante

Para relaxar após o passeio no bosque, vamos para o Spa do Hotel Misincu. O Spa, construído com cores terrosas, abre suas janelas para o riacho e para as árvores. Escolha entre: piscina, sauna, banho turco ou tratamentos patenteados da Biologique Recherche.

Para relajarse después de caminar por el bosque, diríjase al spa del Hotel Misincu. El spa, construido en colores terrosos, abre sus ventanas al arroyo y los árboles. Elija entre: piscina, sauna, baño turco o tratamientos patentados de Biologique Recherche.

20h30 - Fatu in Corsica no restaurante Tra di Noi

Precisamos reservar um momento gastronômico imperdível no restaurante ‘bistronômico’ “Tra di Noi”. Seu conceito busca particularmente produtos locais e frutos do mar, como: a lagosta da Córsega, o caranguejo-aranha, o polvo e o ouriço-do-mar (no final da temporada). Não podemos esquecer dos peixes, que podem ser saboreados simplesmente grelhados ou em fogo à lenha. Os amantes de carnes, charcutaria e queijos se surpreenderão com os produtos locais da região ...