Quais medidas sanitárias nos meios de transporte?

Viajar de férias para relaxar, sim, mas com segurança! Este é o lema dos profissionais de turismo na França neste verão. Para que você possa (re)descobrir as riquezas das regiões francesas, os transportadores estão implementando inúmeras medidas para respeitar todos os cuidados necessários e o distanciamento social. Façamos um balanço.

A melhoria da situação da saúde na França torna possível organizar férias neste verão em todo o país.

Nos trens e nas estações ferroviárias

A SNCF anunciou a retomada de todas as atividades (TGV, Intercités, TER, rede Ile-de-France). Por sua vez, a empresa ferroviária organiza os fluxos de entrada e saída em suas estações e as marcações no solo estão presentes em locais onde podem ocorrer filas (quiosques de autoatendimento, balcões, escadas, etc.).
Assim como todos os operadores de transporte público, a SNCF limpa regularmente seus trens com desinfetantes, e os contatos são reduzidos dentro dos vagões. O distanciamento social deve ser respeitado tanto quanto possível e a reserva é obrigatória antes do embarque, assim como o uso de máscara, desde a estação de partida até a estação de chegada.
As informações são atualizadas regularmente no site OUI.sncf (Link externo) e na aplicação no celular.

Em aviões e em aeroportos

O setor do transporte aéreo também o acompanha para viajar com tranquilidade. Medidas adicionais de higiene são tomadas na chegada aos aeroportos. Nos terminais, foram instalados dispensadores de álcool em gel sem contato e marcações no solo para respeitar o distanciamento social. As instalações de solo são desinfetadas várias vezes ao dia.
Os procedimentos de acesso aos voos também foram revisados para evitar ao máximo os contatos: o check-in on-line é fortemente recomendado, assim como o transporte de um item de bagagem leve (em formato de cabine). Os painéis de proteção transparentes foram instalados nos vários pontos onde funcionários e passageiros se encontram. Finalmente, uma verificação de temperatura é organizada nos aeroportos de Paris.
Os passageiros também são encorajados a usar uma máscara do aeroporto de partida para o aeroporto de chegada. Muitas companhias aéreas tornam obrigatório o uso de máscaras pelo público em geral a bordo de suas aeronaves. O gel hidroalcoólico é distribuído e as filas de espera para os banheiros são reguladas. Lembre-se de trazer seus próprios jornais, pois não haverá nenhum a bordo. A oferta de duty free e snacks é reduzida ou mesmo proibida.

Air France 
Aéroports de Paris (Link externo)


Em carros (táxi, aplicativos de transporte, carsharing...)

O site service-public.fr (Link externo) nos lembra que a instalação de proteção física (janela flexível ou folha plástica) é recomendada em veículos leves compartilhados entre o motorista e os passageiros sentando atrás. Nenhum passageiro pode sentar-se ao lado do motorista para respeitar a distância física.
Se a instalação desta proteção não for possível, o uso da máscara é obrigatório em táxis, aplicativos de transporte e em veículos compartilhados. O motorista tem o direito de recusar um passageiro que não esteja usando uma máscara ou que apresente sintomas, a fim de evitar qualquer transmissão do vírus.
Por fim, o veículo deve ser desinfetado todos os dias pelo motorista.

Em ônibus e bondes

Todos os operadores de transporte público desinfetam seus veículos pelo menos uma vez por dia. Em ônibus com mais de uma porta, é proibido usar a porta da frente a menos que haja uma distância de pelo menos 1 metro do motorista. É permitido o uso de qualquer outra porta.

A distância física também deve ser respeitada e o uso de uma máscara é recomendado para uma viagem segura.

Após uma primeira fase de desconfinamento (do dia 11 de maio ao dia 1º de junho), o governo francês deu seu acordo para a reabertura da maioria das atividades culturais e de lazer a partir do dia 2 de junho. Isto lhe dará algumas idéias iniciais antes da fase final, que começará em 22 de junho, apenas alguns dias antes do início das férias de verão.

Lembra-se, o desconfinamento da França após a epidemia de Covid-19 foi realizado em três fases:
Fase 1 : do dia 11 de maio ao dia 1º de junho de 2020
Fase 2 : do dia 2 de junho ao dia 21 de junho de 2020
Fase 3 : do dia 22 de junho aos meados de julho de 2020

Deve-se observar que estas medidas se aplicam em todo o território classificado como zona "verde", com exceção do Mayotte e da Guiana Francesa, classificados como zona "laranja", onde restrições adicionais podem se aplicar.

Ir mais
longe