Agora na França

A NÃO
PERDER 

Festivais, exposições, concertos ou outros eventos… Em France.fr, tal como em toda a França, há sempre alguma coisa acontecendo.

O Que Fazer?

Visite
a França 

Visitar lugares culturais excecionais ou fazer caminhadas nas montanhas. Um passeio a dois pela rota dos vinhos ou um cruzeiro com as crianças… Que viagem gostaria de fazer pela a França desta vez?

O litoral francês: Um destino para os brasileiros?

Nos anos 60, Brigitte Bardot já cantava a doçura do verão “na praia ensolarada” e a melodia nos transportava pelas estradas da França. Imaginávamos os parisienses fugindo coletivamente da cidade para ficarem aglutinados na Côte d’Azur ou nas praias da Aquitânia ou talvez em Búzios que encantava a artista.

Desde 1936 (data da lei sobre as férias remuneradas na França), e ainda hoje, o litoral continua sendo o destino favorito dos franceses que representam 75% da clientela das praias (e do mar) sempre associadas a escapismo, feriados e lazer.

Pouco conhecida pelos turistas brasileiros, o litoral francês tem vantagens incomparáveis: diversidade de paisagens – da Bretanha à Córsega, passando pela Vendée ou o País Basco -, culturas e tradições locais fortes, riqueza histórica, arquitetônica ou natural. Atenta à proteção de seus ambientes naturais litorâneos, marinhos e biológicos, a França sempre priorizou o meio ambiente frente à infraestrutura imobiliária. Hoje, esse patrimônio é uma riqueza inestimável adorada pelos turistas e gera uma atividade económica muito importante com seus impressionantes 134 milhões pernoites por ano.

No entanto, o surgimento de novos destinos internacionais concorrentes e as mudanças nas tendências de viagem podem ameaçar essa preferência. Na era do “melhor turismo” e dos desafios criados pela saturação de certas áreas turísticas, o litoral francês é o tema de uma reflexão liderada pela Atout France, a Agência Francesa de Desenvolvimento Turístico, apoiada por uma série de estudos, o terceiro dos quais acabou de ser publicado. Como manter a atratividade desses litorais para os clientes atuais? como atrair novos clientes, especialmente internacionais (entre outros brasileiros) e como manter a qualidade do meio ambiente?

Uma das ideias é aproveitar melhor as diferenças dos territórios e valorizar as identidades dos lugares. De fato, as praias francesas são também sinônimo de estilo de vida à francesa, elegância, gastronomia, vinhos e artes da mesa.

Algumas regiões, tais como a Vendée, optaram por colocar a gastronomia no centro das atenções. Lindas mesas, retratos de chefs e enoturismo fazem parte da experiência.

imagem

Litoral também rima com oceano. Na hora do turismo experiencial, férias enriquecedoras e interativas, as experiências marítimas em todas as suas variações pode atrair os viajantes mais aventureiros.

A Bretanha optou por experiências que proporcionam contatos com o mar. As regatas lendárias (Route du Rhum que liga St Malo até Guadalupe, Le Solitaire Urgo Le Figaro) e outros festivais marítimas (Brest 2020) que fizeram a reputação da região, estão agora disponíveis para o público em geral. 65 000 apaixonados embarcaram nos Veleiros da Bretanha, associação de proprietários apoiada pela região para reforçar a sua visibilidade.

Outra atividade no Var (Provence), a pesca-turismo, oferece de embarcar com pescadores profissionais a bordo dos seus navios, e de descobrir a indústria pesqueira e o meio ambiente marinho.

Outro exemplo, La Grande Motte, caso único de criação de um resort à beira-mar inteiramente projetado por um só arquiteto: Jean Balladur. Escolhendo um então estilo de vanguarda, a estação construída na década de 1960 foi posteriormente criticada por essa arquitetura única. Hoje, La Grande Motte está reapropriando-se sua herança no exato momento em que o design dos anos 70 está se tornando novamente tendência, com visitas guiadas sobre o tema de planejamento urbano e arquitetura.

É com o objetivo de aumentar a atratividade dos destinos litorais franceses que, em 2016, a Atout France promoveu a exposição fotográfica da artista Maia Flore (Link externo). Trazer uma perspectiva diferente e valorizar a diversidade do litoral foi a missão da artista, que visitou 26 estações balnearias francesas para capturar os destinos e ambientes. Fiel ao seu mundo dos sonhos, ela encenou uma personagem numa “jornada com o sol” desde a Córsega até as praias do norte da França.

imagem 2

No Brasil, a exposição foi apresentada em 2017 e continuará em 2019. A magia dessas imagens deverão ajudaram muitos dos 700 000 brasileiros que hoje visitam a França a sair de Paris para aproveitar de viagens ricos em experiências e sobre tudo em emoções nas prias e nas estações do litoral do nosso pais.

Veja mais em: https://brasilafrancesa.com/ (Link externo)