Newsletter
  • Select your language
  • Português
  • Other languages
  • Cognac tem seu vinhedo e ele está aqui! Venha empurrar a porta das adegas e das igrejas romanas, passear no rio de pontes em eclusas, excitarsuas papilas nas grandes casas de Conhaque, nos viticultores, ao redor de uma boa mesa e descobrir os segredos da dupla destilação...

  • Herdeiros de um know-howvinícolaquevem da Antiguidade – seis séculos antes de J.-C. os gregos adoravam o vinho de Alalia (Aléria) –, os vinhateiroscórsegossouberam nos últimos anos desenvolver uma verdadeiraabordagem « qualidade ».

  • Imagine… em uma pequena feira fora do tempo, você acaba de comprar azeite e um pouco de tapenade. Basta, agora,degusta-los com um bom vinho em um fundo de céu azul e os cantos dascigarras.

  • Dos Pireneus onde se situa a fonteda Garonne até o Atlântico dentro do qual desemboca a Gironde, a água dá sua contribuição à feitura do vinhedo de Bordeaux.

  • Situado ao sul do departamento da Dordogne, o Périgord purpúreo temeste nome em razão da intensa atividade vinícola do Bergeracois.

  • De Salins-les-Bains no Arbois atéSaint-Amour no Sul Revermont, a Estrada Turística dos Vinhos do Jura se ramifica ao longo dos vilarejos vinícolas e das Pequenas Cidades Comtoises de Caractère, percorrendo terroirs variados onde são produzidos os famosos Vinho Amarelo e Vin de Paille. Em quase 80 km, esta estrada – que recebeu o prêmio Eden em 2008 (categoria “Patrimônio imaterial”) e o prêmio nacional do eno-turismo em 2009 (categoria “implementação de rede de atores”) – o convida a empurrar as portas dos museus, das abadias, das oficinas de artesãos e das 135 propriedadesvinícolas abertas o ano todo para degustaçõesatrativas.

  • Descubra as riquezas e o charme delicioso e autêntico dos vinhedos da Borgonha. Em cinco estradas dos vinhosmarcadas, os atores do turismo e do vinho abrem suas portas e compartilham o amor que eles têm pelo trabalho deles, revelando até mesmo alguns segredos...

  • 15 variedades de uvas à origem de vinhos de exceção. Vinhos secos AOC: Côtes du Roussillon, Côtes du Roussillon Les Aspres, Côtes du Roussillon Villages Caramany, Lesquerdes, Tautavel, Latour de France et Colliour. Vins doux naturels: Rivesaltes, Muscat de Rivesaltes, Banyuls et Banyuls Grand Cru, Maury.

  • Nos 40 000 hectares nos quais se estendemas dezoito apelações do Languedoc, nenhum vinho se parece com outro, a não ser esta constante desde a Antiguidade: o Mediterrâneo.

  • Para descobrir os vinhos de Champagne, siga a Estrada turística do Champanhe, quese estende sobre aproximadamente 500 quilômetros na Marne, a Aube e a Aisne com aproximadamente 80 pontos de atendimento.