Yeshiva - a casa judaica medieval de Rouen

Yeshiva - a casa judaica medieval de Rouen

Esta é uma extraordinária descoberta arqueológica para Rouen e para o mundo.<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Desenterrado em Rouen há mais de trinta anos, acredita-se que esse monumento judaico teria sido uma yeshiva (uma escola de estudos religiosos judaicos de nível avançado) e hoje é considerado um monumento único na história dos judeus nesta parte da Europa.

1976: durante trabalhos de restaurauração no pátio do tribunal de direito de Rouen, os trabalhadores descobriram uma série de salas do século 12, que pareciam ser de origem Judaica. Uma análise arqueológica e histórica minuciosa revelou tratar-se de uma descoberta extraordinária, não só para Rouen, mas para o mundo.

A descoberta de uma yeshiva sugere que Rouen pode ter sido um centro de  vida e estudos  Judaicos. Enquanto  que sinagogas e pequenas salas de oração (oratórios), eram algo comum onde viviam as comunidades de judeus, o estabelecimento de uma yeshivá em uma cidade, era uma obra muito mais complexa e exigia o apoio de muitas comunidades judaicas, não só para construí-lo, mas para mantê-lo e atrair estudiosos e estudantes. Neste momento da história Paris, Perpignan e Troyes foram os principais centros de estudos judaicos. Esta descoberta em Rouen ressalta o papel da França como um importante centro de estudos judaicos.

Judeus Normandos. A França sempre foi uma mistura de etnias, e a região da Normandia não era diferente. Os judeus chegaram na Normandia, antes do advento da lei Cristã, acompanhando os Romanos após a conquista de Júlio César na Gália. Os romanos davam aos judeus a liberdade religiosa, cultural e econômica. A principal rua da comunidade judaica era chamada vicus judaerorum (Caminho dos Judeus) e foi aqui que a pequena comunidade judaica viveu e fez negócios. Localizado no coração da cidade murada, o vicus judaerorum (que não era um gueto como significa a palavra, pois a população judaica era livre para se misturar com os pagãos locais e posteriormente à população cristã), estendeu para além das fronteiras da Normandia.

<?xml:namespace prefix = v ns = "urn:schemas-microsoft-com:vml" />

O monumento Judaico é aberto ao público. Há passeios guiados todas as terças-feiras às 15h00, mas é necessário fazer reservas. Para informações contate o

Escritório de Turismo de Rouenwww.rouentourisme.com Tel.: +33 (0)2 32 08 32 47 begin_of_the_skype_highlightingE-mail: commercial1@rouentourisme.com