Tecidos do País Basco

Tecidos do País Basco

function xt_med(p1,p2,p3,p4){return true;}function xt_med(p1,p2,p3,p4){return true;}function xt_med(p1,p2,p3,p4){return true;}function xt_med(p1,p2,p3,p4){return true;}function xt_med(p1,p2,p3,p4){return true;}function xt_med(p1,p2,p3,p4){return true;}function xt_med(p1,p2,p3,p4){return true;}function xt_med(p1,p2,p3,p4){return true;}function xt_med(p1,p2,p3,p4){return true;}function xt_med(p1,p2,p3,p4){return true;}function xt_med(p1,p2,p3,p4){return true;}function xt_med(p1,p2,p3,p4){return true;}

 

Tecidos do País Basco : Produto tradicional que se tornou indispensável na decoração contemporânea.

A história dos tecidos da região basca está intimamente ligada à cultura e ao passado desse local. Nascido do linho cultivado pelos camponeses, o tecido basco tem sua origem numa espécie de manta usada para proteger os aminais dos efeitos do sol e dos insetos. A particularidade desse tecido está na representação das sete províncias do País Basco por meio de sete ranhuras. O linho basco tem hoje uma reputação jamais desmentida: resistência, solidez, elegância e desafiam o tempo.

Em 1999, a Créations Jean Vier instalou o "Ecomuseu da Tradição Basca", em Saint-Jean-de-Luz, nos últimos campos da cidade, dentro de uma imponente e bela fazenda do Século 19. Dedicada a todos os aspectos da cultura basca, a empresa especialista na tecelagem de fibras naturais – puro algodão, puro linho, linho e algodão – desejou, por meio desse museu, apresentar a força da alma basca e o charme especial da tecelagem do linho e do tecido basco. Isso é feito em decoração, em evocações, em sons, em luzes e em degustações. Há 30 anos, Jean Vier revisita e atualiza o espírito basco seja em casa, no escritório, ou nos banheiros com as cores que avivam as padronagens... Os nomes das coleções são evocativos do País Basco, de nomes de cidades e vilarejos (Saint-Jean-de-Luz, Espelette, Biarritz, Sara, Arnaga, Abadia, Bilbao, etc.) a símbolos de tradições especiais (Txilin Txalan, jogo infantil em que se imita os movimentos de um sino; Aria, o fio; Saial, o tecido rústico em linho com o qual se recobre os animais, etc). A loja de tecidos tradicionais, remodelada, é um grande sucesso. No local, também se encontram o espaço Jean Vier, a butique Comptoir Basque e o bar Txoko Iban.Para mais informações:Ecomusée Jean Vierwww.jean-vier.com email: ecomusee@jean-vier.com

Outras marcas emblemáticas dos tecidos bascos: Artiga e Tissage Moutet

Esses criadores apaixonados pelos tecidos bascos apresentam roupas de cama, mesa e banho, alem de acessórios com look contemporâneo, sempre respeitando a tradição e sobretudo a qualidade do produto final. Sem dúvida, esses produtos são reconhecidos entre outros por suas cores brilhantes e padronagens emblemáticas das províncias bascas.

Para mais informações: Artigawww.artiga.fremail: artiga@artiga.fr Butiques Artiga: Espelette, Capbreton, Bordeaux,                            Saint Palais

Para mais informações:Tissage Moutetwww.tissage-moutet.com email: info@tissage-moutet.comButiques Tissage Moutet: Hossegor, Biarritz, Saint-Jean-de-Luz, Pontos de venda: Bordeaux (Villeroy & Boch), Pauillac (Bages Bazaar),                                 Libourne Saint-Emilion (Avant Scène), Sare (Butique Arraya).