Rodez, uma potência em construção

Rodez, uma potência em construção rodez fr

O poder de uma catedral surgido das profundezas dos séculos, o poder da obra do pintor Pierre Soulages, o poder das estátuas menir – reunidas ao seio de um museu único na Europa: Rodez envolve com uma energia que combina história, arte e força vital.

Como não ser conquistado por Rodez? Ao se aproximar da cidade já é possível sentir uma energia, uma vibração. Talvez isso se deva à maneira como a cidade domina, com profunda convicção, os vales da Rouergue. Não é por acaso que os Rutènes, povo gaulês, deram-lhe o nome de Segodunum, "fortaleza vitoriosa”.

Eis a capital do Aveyron, berço de algumas das mais belas criações francesas, da faca Laguiole ao viaduto de Millau, passando pelo Roquefort.

A cidade aparece como erguida pelo poder de sua Catedral de Notre-Dame, concluída no início do século XVI. Com 87 metros de altura, seu campanário em renda de arenito vermelho corre céus e as
nuvens, abraçando em torno de si a cidade velha e os bairros com telhados azulados, agarrados à encosta.

É a 300 metros da catedral que o Museu Pierre Soulages surgirá. Nascido em Rodez, Pierre Soulages, um doa pintores franceses ainda vivos mais famosos do mundo, doou à sua cidade de um número considerável de suas obras. O museu se estende por 4.600 m². A sua abertura está prevista para a primavera de 2014.

Dois outros museus, notáveis​​, esperam por você em Rodez. O Museu Denys Puech irá revelar o talento deste escultor, o Grand Prix de Rome em 1884, e irá surpreendê-lo com a sua coleção de arte contemporânea. O Museu Fenaille, por sua vez, o receberá nos majestoso hotel Jouéry (séculos XIV-XVI), antes de fazê-lo vibrar com a sua coleção excepcional de estátuas - menires.

Deixe-se, então, cativar e ser levado pela mão. Artistas de ontem e de hoje, construtores, mas também os entalhadores de pedra do Aveyron os guiarão através da velha Rodez .

A Place de la Cité, rue de Bonald, Rue Neuve, Place du Bourg, Place Foch: você descobrirá belas casas e mansões renascentistas (hôtel DeLauro, maison d’Armagnac, hôtel de Bonald...), lojas e cafés se aglomeram, lado a lado. Inspire o ar puro e revigorante, veja a qualidade particular dos detalhes nas pedras pedra, permaneça ao lado do bispado, e se deixe levar até o soberbo Haras Nacional, abrigado em um convento no centro da cidade.

No mercado, de quarta-feira ou sábado, nas animadas brasseries (cervejarias) e nos restaurantes gourmets: é também aí que você vai experimentar Rodez, provando a forte e agradável ascensão de uma terra cheia de vida.

 

Dicas

  • Ainda mais impressionante à noite! Assim é a Catedral de Rodez, iluminada à noite por 500 projetores. No Escritório de Turismo, obtenha um guia de áudio que o mergulhará na turbulenta história desta incrível nave de pedra. Idiomas: inglês, francês, alemão e occitano.
  •  O museu Pierre Soulages abrirá no coração de Rodez, na primavera de 2014. Pintor abstrato de reputação internacional, Soulages nasceu em Rodez, em 1919. O museu vai acolher 21 de suas pinturas sobre tela, mais de 1.000 pinturas sobre papel, todas as suas gravuras e muitos outros tesouros que o artista doou à cidade. O museu está em construção, liderado pelos arquitetos catalãos Aranda, Desiderativo e Vilalta.
  •  Obtenha um grande prazer com um pequeno circuito de chefs Aveyron estrelados. Comece em Rodez, com o restaurante Goûts et Couleurs (chef: Jean-Luc Fau). Faça uma viagem para Conques, outro Grand Site de Midi-Pirineus, para o Domaine de Cambelong (chef: Hervé Busset). Retorne a Rodez e suba em direção a Aubrac. No caminho, pare em Bozouls, no Belvédère (chef: Guillaume Viala). Termine em apoteose completa com Michel Bras, em Laguiole, um dos poucos chefs com 3 estrelas Michelin da França.
  • A Rodez, nós amamos cavalos. Isto pode ser visto quando se visita o Haras Nacional, no centro da cidade (visitas guiadas são oferecidas regularmente durante as férias escolares e podem ser organizadas ao longo do ano, com reservas para grupos). Mas também, por exemplo, o Domaine de Combelles, onde se pode deleitar-se de tudo o que os esportes equestres podem oferecer, agradando a pequenos e grandes.
  • Se você preferir as pequenas bolas brancas, siga em direção ao Golfe de Rodez, um dos mais belos campos de Midi-Pirineus.
  • Estenda sua estadia em Rodez e visite os vilarejos vizinhos. Onet-le-Château, Sainte-Radegund, Le Monastère, Olemps: de uma etapa a outra, as bonitas casas da Rouergue, castelos e outras pequenas patrimônios que saúdam seu caminho.
  •  Faça também, a cerca de 20 quilômetros do Rodez, uma incursão no vale de Marcillac. Um vale de terra granada, encantadores vilarejos e vinhedos em terraços. A vinha de Marcillac é classificada DOC: visite as adegas e domaines.

Related videos

 
 

Sponsored videos

 
 
 
 

Ponto de interesse