O Museu de Arte Moderna de Lille reabre suas portas

O Museu de Arte Moderna de Lille reabre suas portas

    A partir do 25 Setembro de 2010

  Partem à descoberta do LAM, após quatro anos de obras de renovação e de extensão.

A reabertura do LaM de Lille (Nord-Pas-de-Calais) ocorrerá em 25 de setembro de 2010.<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Rebatizado de LaM, o Museu de Arte Moderna de Villeneuve d’Ascq (à 10 km de Lille) reabrirá suas portas depois de mais de 4 anos de obras de renovação e ampliação.

No cruzamento de Londres, Paris e Bruxelas, próximo de Amsterdam e Colônia, o LaM tem contato direto com outros cenários artísticos europeus. Graças a essa perfeita situação geográfica, este torna-se um dos importantes museus de arte dos séculos 20 e 21 do norte da Europa.

Manuelle Gautrand, (ganhadora do concurso lançado em 2002 para a restauração e ampliação do museu), criou um edifício com volumes orgânicos que envolve as costas o antigo prédio. Radicalmente renovado no estilo e nos materiais empregados, e ainda revela em seu interior uma fluidez arquitetônica.O LaM será o único museu na Europa a apresentar simultaneamente coleções famosas de arte moderna (Braque, Picasso, Léger, Miro, Modigliani), arte contemporânea (Boltanski, Buren, Oppenheim, Soulages) e arte bruta (Corbaz, Wölfli, Zinelli). Essas três reúnem perto de 4.500 obras.

Exposição de abertura: « Habitar poeticamente o mundo ».Ressaltando a maneira como os artistas, escritores e cineastas podem encher o mundo de poesia. Transversal às coleções (em particular as de arte contemporânea e bruta), « Habitar poeticamente o mundo » foi concebida como um passeio através dos diferentes espaços do museu (salas de exposições, auditório, parque, site da internet) e, trará uma importante contribuição à criação contemporânea e à performance.