O Castelo de Angers

O Castelo de Angers Maine fr

O Castelo de Angers domina o Maine com sua grande fortaleza composta por 17 torres bicolores. Por trás dessa aparência colossal, escondem-se as elegantes residências renascentistas dos duques de Anjou. E não é só isso: o Castelo de Angers também abriga a Tapeçaria do Apocalipse, o objeto medieval mais apreciado no mundo. 

Fortaleza e edifícios residenciais do Castelo de Angers

Desde o primeiro momento, o Castelo de Angers apresenta-se como uma grande fortaleza medieval com vista para o rio Maine. Trata-se da mesma fortaleza que Saint-Louis construiu no século XIII.

São 17 torres, de 40 a 60 metros, que adornam os 660 metros de muralha. Elas devem a aparência bicolor a dois materiais de construção: o xisto e o calcário.

Atravesse a ponte levadiça e descubra, no interior do castelo, belos edifícios residenciais, habitados pelos duques de Anjou nos séculos XIV e XV. A entrada fortificada, portal de acesso à corte senhorial, é pitoresca.

Visite principalmente a torre real e a do governador, assim como a Capela Sainte-Geneviève. Os jardins, compostos por pomares, canteiros e flores, também convidam a um passeio, assim como o zoológico do Rei Renato de Anjou.

A tapeçaria do Apocalipse, uma obra-prima medieval

Tapeçaria única no mundo, a Tentação do Apocalipse da Grande Galeria é um pequeno tesouro. Com 106 metros de comprimento, a obra representa 67 cenas das visões de São João do Apocalipse e está em um estado de conservação notável.

Trata-se de uma obra-prima da Idade Média que, por si só, já vale a visita ao Castelo de Angers.