Nos embalos de Tours

Nos embalos de Tours tours fr

Importante ponto de confluência da França, situada no centro do eixo de comunicação europeia, a região de Tours constitui uma das grandes metrópoles francesas. Atravessada por dois rios, o Loire e o Cher, a cidade de Tours é a porta de entrada turística do vale dos castelos de Loire. Uma hora e cinco minutos em TGV (trem de alta velocidade) são suficientes para percorrer o trajeto Tours-Paris, além de possuir uma conexão com Roissy de aproximadamente uma hora e trinta e cinco minutos. A malha rodoviária que leva a Tours apresenta-se sob a forma de uma estrela com cinco pontas que permite uma rápida conexão com as maiores cidades francesas. O aeroporto internacional, situado à entrada de Tours, complementa esta rede de comunicação e garante a facilidade de deslocamento para todo o território francês.

 

Tours se afirma como uma cidade efervescente e convivial através de seus mercados que ocupam todos os bairros da cidade, alguns são mais tradicionais, como o do Carreau des Halles, situado em pleno coração da cidade, em uma região rica devido a sua história e seu patrimônio cultural.

Vinhos de Loire, notas sutis de aroma e sabor: O Val de Loire é uma das mais extensas regiões vinícolas francesas, conservando sobretudo a maior e autênctica oferta de vinhos da França. Suas 69 denominações possuem em comum a qualidade de suas uvas, a elegância e a autenticidade, além de uma excelente relação custo-benefício. Degustações podem ser feitas na Maison des vins de Loire (Casa de vinhos de Loire), na rua 25 do Grand Marché (Grande Mercado) de Tours.

 

Atualmente, perduram a Torres de Charlemagne e l'Horloge (Carlos Magno e Relógio, respectiamente), além da galeria do Claustro, caracterizada pelas ruínas de um antigo colégio.

Fundada na época galo-romana, a cidade de Tours foi também denominada "Caesarodunum" (a colina de César), ou seja, Tours é uma cidade romana do 1 º século  de  nossa  era.  No  4ºséculo,  a cidade estava numa fase de plena expansão  devido  aos  numerosos  peregrinos que vinham se reunir junto ao túmulo de Saint-Martin.   

Desde 1856 o célebre mercado de flores do Boulevar Béranger tem lugar em um jardim situado no coração da cidade, mudando suas cores de acordo com as estações. Tanto no inverno quanto no verão, ele reúne mais de quarenta horticultores, floristas e colecionadores. O Béranger figura entre os mais importantes mercados de flores da França.