Marseille-Provence, sucesso cultural em 2013

Marseille-Provence, sucesso cultural em 2013 marseille fr

O projeto Marseille-Provence 2013 tornou a cidade de Marselha na França, capital cultural da Europa durante o ano de 2013. Durante esse período tornou-se ponto de encontro cultural, política e econômica. Turistas do mundo inteiro se encontram em Marselha para então pôr em dia semelhanças, diferenças, acordos, desacordos, que podem ser feitos e desfeitos pela junção de arte, cultura e política. Durante o projeto, os criadores conseguiram juntar
diversos fatores que divergiam com a ajuda da arte e da cultura, tarefa difícil quando se trata do multiculturalismo europeu. Com o projeto Marseille-Provence 2013, foi construída uma tentativa de desenhar uma linha onde todos os aspectos culturais se juntaram para formar um único aspecto cultural europeu (arte, literatura, política).

A região de Marseille-Provence desfrutou de uma enorme quantidade de cobertura da mídia e havia centenas de iniciativas que contribuíram para uma experiência cultural excepcional. Aqui estão algumas das figuras-chave e conclusões da Capital Europeia da Cultura de 2013:

 

10 milhões de visitas no total dos eventos pela cidade, sendo:

  • 1.815.000 nos grandes eventos, como o final de semana de abertura (600.000), ‘Transhumance’ (300.000), ‘Entre flammes et flots’ (420.000), etc.
  • Exposições atraíram 5.300.000 visitas. O MuCEM, o novo museu das civilizações europeu e do mediterrâneo, por si só foi responsável por 1.800.000 visitas. ‘Le Grand Atelier du Midi’ atraiu outras 462.000 visitas, ‘Regards de Provance’ 95.000, ‘Villa Méditerranée’ 250.000, etc.
  • Outras manifestações geraram 1.645.000 visitas, dentros delas, ‘Festivals d’été’ foi responsável por 285.000, por exemplo.
  • O Pavillon M, criado para ser a porta de entrada de tudo o que acontece em Marseille-Provence 2013 recebeu 1.210.000 interessados em percorrer seus 3.000m2, que proporcionaram mais de 900 eventos. 

 

Related videos

 
 

Sponsored videos