Junte-se às celebrações do dia da Bastilha 2017!

  • Champs-Elysees no Dia da Bastilha

    Champs-Elysees on Bastille Day - © Kiev.Victor-shutterstock

    Champs-Elysees no Dia da Bastilha

    Champs-Elysees on Bastille Day - © Kiev.Victor-shutterstock

  • Fogos em Paris celebrando o Dia da Bastilha

    Eiffel Tower fireworks - © Sergii Rudiuk-shutterstock

    Fogos em Paris celebrando o Dia da Bastilha

    Eiffel Tower fireworks - © Sergii Rudiuk-shutterstock

  • Dia da Bastilha em Provence

    Bastille Day in Provence - © StockCube-shutterstock

    Dia da Bastilha em Provence

    Bastille Day in Provence - © StockCube-shutterstock

Junte-se às celebrações do dia da Bastilha 2017!

Dia da Bastilha: dia nacional da França, 14 de Julho

“Allons, enfants de la patrie!” (“Vamos, filhos da pátria!”)

“Isso é uma revolta?” o rei da França Louis XVI perguntou ao seu mais fiel conselheiro, o Duque de Rochefoucauld. A resposta foi "Não, senhor, isso é uma revolução".

Estas palavras mais ameaçadoras foram pronunciadas em 12 de julho de 1789. Dois dias depois, a fortaleza real da Bastilha em Paris - um símbolo da ditadura - foi atacada (A Queda da Bastilha).

A corrente da paixão patriótica que se seguiu levou à Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão: "Os homens nascem livres e permanecem livres e iguais em direitos". As nações de todo o mundo modelaram sua declaração de direitos após essa frase agora universal.

Não admira que o feriado nacional da França, conhecido como 'le quatorze juillet' (catorze de juho), seja mundialmente famoso. Todos os anos desde 1880*, o Dia da Bastilha foi marcado com desfiles e festividades, ao ritmo do hino nacional francês, La Marseillaise.

O que esperar do Dia da Bastilha em Paris

Se existe um evento para não perder em Paris, é o feriado nacional francês! Esta ocasião festiva reúne as pessoas durante dois dias de entretenimento gratuito excepcional: um desfile militar, danças públicas em quarteis de bombeiros, um concerto clássico ao ar livre e uma queima de fogos de artifício de tirar o fôlego.

As celebrações começam com os Alpha Jets de La Patrouille de France (uma divisão da força aérea da França) pela manhã. Os poderosos motores de aço passam pela capital, deixando fumaça azul, branca e vermelha, cores da bandeira nacional. Um desfile militar tradicional começa às 11h, com cerca de 4.000 soldados, policiais e bombeiros uniformizados marchando pela famosa Champs-Élysées.

À tarde, Paris ganha vida à medida que a cidade se prepara para as danças do quartel de bombeiros normalmente realizadas em quase todos os bairros. São seguidas por um concerto no Champs de Mars (abaixo da Torre Eiffel) - 250 músicos da Orquestra Nacional da França e oCoro da Rádio França, fazem uma serenata na brilhante Dama de Ferro com Mozart, Verdi, Berlioz e Wagner.

Então, meio milhão de espectadores observam com admiração os fogos de artifício transformarem o horizonte em um caleidoscópio de cor por 35 minutos. Por que não reservar um cruzeiro no Sena para admirar os fogos de artifício da água?

O que esperar do Dia da Bastilha no resto da França

Paris não é o único lugar que coemora 'le quatorze juillet' (catorze de julho) - a data está marcada em todos os lugares, desde cidades grandes até pequenas vilas, seja com esportes, eventos culturais ou gastronomia.

Alguns lugares fazem grandes piqueniques com música ao vivo ou "bal musette" (danças francesas acompanhadas por uma banda de acordeão) e fogos de artifício.

Outros comemoram o evento ao lado da estrada, brindando e acenando bandeiras para os competidores franceses do Tour de France. Em todo o país, pessoas de todas as idades se reúnem para comemorar e simplesmente aproveitam o feriado.

* Em 1790, o evento público foi originalmente chamado de 'Fête da Fédération' (Festa da Federação). As celebrações do dia da Bastilha tornaram-se menos populares sob Napoleão, e foi apenas em 1880 que o 14 de julho foi adotado como um feriado nacional e comemorado todos os anos, exceto durante as duas Guerras mundiais.

Mais informações