Jardins e Parques Extraordinários

Jardins e Parques Extraordinários vale do loire fr

Jardins da época do Renascimento ou contemporâneos, parques paisagísticos, prósperas hortas ricas e variadas, coleções de rosas... A parte externa dos castelos do Loire nos reservam ótimas surpresas. Pensando nisso, fizemos um passeio guiado de cada jardim com duas especialistas: Michèle Quentin e Christine Toulier.

Jardins do Castelo de Villandry

Quantas cores exuberantes nestes suntuosos jardins! “Trata-se de uma criação do começo do século XX totalmente inacreditável, explica Michèle. Além de ser um dos mais visitados da França: são 450 mil visitantes por ano! O mais conhecido é o canteiro que possui a particularidade de ser completamente orgânico.”

Jardim do Castelo de Rivau

Um verdadeiro jardim de conto de fadas, com uma bela coleção de rosas perfumadas. “Também é possível fazer um passeio pelas as obras contemporâneas são surpreendentes”, indica Michèle Quentin.

Jardins do domínio nacional de Chamont-sur-Loire

“No começo do século XX, este jardim abrigava o elefante da princesa de Broglie...”, conta Michèle Quentin. Hoje ele é conhecido principalmente pelo Festival dos Jardins. “Sua fama é internacional: todos os anos, o concurso tem um tema diferente e cerca de 30 tipos de jardins diferentes são criados.”

Castelo Real de Amboise

“Trata-se de um lugar repleto de muita história, onde viveram diversos reis. Também foi aqui que um dos primeiros jardins da Renascença foi criado”, conta Michèle Quentin. Eles oferecem uma vista pitoresca do Loire e de Chaumont.

Domínio de Cheverny

Este grande castelo, todo branco, é cercado por um parque magnífico. “Eles refizeram a horta e um jardim contemporâneo atrás do castelo, o Jardim dos Aprendizes. Na primavera, é possível apreciar milhões de tulipas!”

Castelo de Chenonceau

No castelo das damas, cada uma tem seu próprio jardim: de um lado, temos o jardim de Diana de Poitiers; e de outro, o de Catarina de Médici, duas “rivais”. Durante o ano inteiro  os jardineiros plantam flores de cores diferentes em cada um dos jardins! ”

Castelo de Angers

Os jardins do Castelo de Angers situam-se nos fossos. “Eles foram concebidos para serem vistos de cima, desde as rotas de ronda”, explica Christine Toulier. Esses canteiros bordados foram elaborados em uma tentativa de reconstituição histórica. ”

Castelo de Brissac

O impressionante castelo é cercado por um grande parque paisagístico. “Existe um bosque de azinheiras que cerca o mausoléu do Conde de Brissac e, abaixo, uma videira foi plantada”, sinaliza Christine Toulier. Os passeios a pé pelo espelho d’água e por sua fonte de água também são muito agradáveis.

 

A ver

Ponto de interesse