A História das Galerias Lafayette

  • © @Galeries Lafayette

A História das Galerias Lafayette Paris fr

A loja original chamava-se “Aux Galeries Lafayette” era um armarinho de 70 m2 onde se vendiam fitas, rendas, chapéus e outros pequenos acessórios de moda. Embora o empreendimento possa ter parecido um pouco arriscado, a localização foi ideal, pois nas proximidades se encontra a Opera, as Grandes Avenidas, e a recente estação Saint-Lazare. Rapidamente, a loja se tornou um sucesso graças a uma fusão de mercadorias bem variadas e aos seus métodos inovadores, Oficinas de design e de produção foram abertas para diferenciar a Galeries Lafayette da Concorrência. Bader Théophile trouxe a moda para as ruas, copiando os elegantes trajes usados na ópera ou nas corridas de cavalo para depois vendê-los a preços acessíveis.

A loja se diversificou constantemente. Moda masculina, artigos de decoração, brinquedos e utensílios de mesa, foram adicionados ao lado dos departamentos tradicionais. Aproximadamente 700.000 pessoas passam pelas Galeries Lafayette cada dia, sendo que 80.000 delas são acolhidas pela emblemática loja da Boulevard Haussmann. Reconhecida como a instituição da elegância e do bom gosto francês, a mais de 100 anos de idade, o grupo Galeries Lafayette é ainda liderado por membros da família fundadora, com um Conselho Fiscal / Conselho de Administração corporativa. Esta saga familiar, única na história do varejo, foi
a base de uma visão de gestão e moda a 
longo prazo. Consumidores da França e do mundo continuam a afluir para as lojas de departamento da Capital da Moda.

Como o próprio lema diz: «Algo está sempre acontecendo nas Galeries Lafayette».