A gastronomia francesa

  • A gastronomia francesa

    A gastronomia francesa

A gastronomia francesa France fr

ALSACE - LORRAINE

A Alsácia e a Lorena possuem pratos característicos, testemunhas de uma tradição de festas e de banquetes.

Estas duas regiões possuem uma gastronomia muito diversificada e os exemplos mais conhecidos são a "Choucroute" (couve, batatas, bacon) e a "Quiche Lorraine" (tarte de queijo, bacon e fiambre).

Com relação aos doces, temos as tortas de maçãs, de ameixas e amoras, a "Brioche" alsaciana e o "Kougelhopf" (biscoito alsaciano em forma de coroa). 

AQUITAINE 

De Béarn au País Basco, das Landes a Bordeaux, esta região é uma autêntica festa da mesa, orgulhosa das suas tradições e dos produtos da sua terra. O sabor é o rei de uma arte de viver. O "foie gras", o magret de pato, a entrecôte à bordelaise, a "garbure" (sopa espessa de couve), a poularde de  henrique IV (a história conta que este monarca queria que todos os franceses comessem este prato todos os domingos), o fiambre de Bayonne e o caviar (ovos de esturjão) da Gironde são produtos característicos de uma das melhores cozinhas de França, sem esquecer os vinhos de Bordeaux e de Bergerac,   com Denominação de Origem de Grande Qualidade. Seus maravilhosos e numerosos licores de noz, de ameixa, de framboesas acompanham suas sobremesas.

No Périgord cultivam-se os produtos mais variados. Três deles são símbolos desta região: as nozes, os morangos e o tabaco. 

AUVERGNE 

Esta região é conhecida, sobretudo, por suas abundantes receitas caseiras e sua charcutrerie e os seus queijos: Saint Nectaire, Fourme d'Ambert, Bleu d'Auvergne. No entanto, com a colaboração de alguns cozinheiros, suas receitas transformaram-se em pratos mais refinados, demonstrando que pode-se misturar criatividade e tradição.

Entre os mais conhecidos podem-se encontrar "la potée" (porco, cenouras, batatas, couve, cebola), o coq au vin e os "tripoux" (novilha, bacon, cebola, vinho).

Não se pode esquecer sua pâtisserie: os "millards" (pastel de cerejas), os "pompes" (pasteis de maçãs), a "fouasse" (bolo de leite), os "cornets" de Murat (sobremesa com nata), as tartes de Natal e os doces de frutas. 

BRETAGNE

Se você ama o mar, a Bretanha é o seu destino. Lá você experimentará as melhores ostras e mariscos, assim como a cotriade (sopa de pescado) e na sobremesa as famosas crepes.  Mas não deixe de comer também as galettes, as famosas crepes saladas e o pastel chamado "far".

BOURGOGNE

A fama da Borgonha vem de longe: os seus vinhos e sua gastronomia datam da época galo-romana. A prova disto são as normas culinárias conservadas no Museu Arqueológico de Dijon. Entre as famosas receitas borgonhesas destacam os escargots, o boeuf bourguignon e o assado de novilho.

Também temos na Borgonha a mostarda de Dijon, forte ou aromatizada, para acompanhar vários pratos.

VAL DE LOIRE

A região de Berry oferece produtos típicos: lentilhas verdes, o queijo de cabra "crotin de Chavignol" ou "la mique" (sopa de verduras com porco). A "Tarte Tatin", uma tarte cozida ao invés e caramelizada, que é encontrada em toda a França e que tem o nome de suas criadoras: as irmãs Caroline e Stéphanie, hoteleiras do povo de Lamotte-Beuvron.

CHAMPANHA-ARDENAS

Para os amantes da caça, a região de Champagne-Ardenne é famosa pelas suas especialidades. Não se pode esquecer "l'andouillette" de Troyes, especialidade típica da cidade, o fiambre das Ardennes, e os biscoitos de Reims. Não se pode passar por esta região sem degustar a bebida que a fez mundialmente famosa: o Champagne e suas bolhas frescas, elegantes e mágicas. A outra jóia de Champagne-Ardenne é seu diamante cinzento: a trufa.

CORSE

O menu tradicional estaria composto de   pescados e mariscos e, como sobremesa, um "brocain" (doce com leite de ovelha ou de cabra). Outros produtos típicos são a farinha de castanhas, o mel, o Cédrat  e o licor de mirto (feito com frutos e com flores).

LANGUEDOC-ROUSSILLON

A cozinha do Languedoc está enfeitada com azeite e ervas aromáticas (tomilho, rosmaninho,...) que perfumam seus pratos, e  aves acompanhadas de saborosas verduras: beringelas, tomates, abobrinhas, pimentas.
Os pratos do mar merecem uma menção especial: ostras e mexilhões de Bouzigues, "bourride sétoise", "tielles" de polvo (massa de pão, polvo, tomates, cebolas, especiarias), e "brandade" de Nîmes (bacalhau picado com azeite, leite e alho).
Como sobremesa, não se poderá resistir a uma "crème brulée".

MIDI-PYRÉNÉES

Em Toulouse, o prato mais importante é, sem dúvida, o "Cassoulet" (composto de feijões, perna de cordeiro, de toucinho...). O ganso e o pato saboreiam-se em "foie gras" ou "confit". Entre as especialidades de Toulouse encontram-se o pato "à l'albigeoise" e os aspargos do Tarnais.

Na montanha, as terras de Aveyron e dos Pirenéus oferecem também uma gastronomia de terroir com os "tripoux de Naucelles" (vinho branco, fiambre e alho), a charcuterie de Entraygues ou o "alicuit".

Relativamente aos queijos, a região de Aubrac dá-nos o incomparável "Laguiole" (ao qual costuma-se incorporar ao puré de batatas, alho para fazer o "aligot") e Millau oferece-nos o Roquefort.

O vinho ocupa um papel importante nestas regiões. Com efeito, os vinhos de Cahors e de Bergerac, já famosos na época romana oferecem rótulos com Denominação de Origem de grande qualidade.

NORD PAS-DE-CALAIS - PICARDIA

Ao Norte sabe-se apreciar os méritos de uma mesa generosa que oferece uma grande variedade de pratos ricos e saborosos.

A cozinha flamenca oferece numerosas sopas como a sopa de pescada do "Touquet". Como entradas temos o "Potjevleesch" (terrina de cerdo, coelho e frango), a "flamiche aux maroilles" (torta de alho francês) ou "l'andouille" (codorna). Entre os pratos principais encontram-se o coelho com ameixas, o "hochepot" (sopa de novilho, de cordeiro, de toucinho e de verduras), a "ficelle" picarda (crepe de fiambre com molho "bechamel" e cogumelos), pratos típicos compostos de pato, coelho, enguia e lúcio.

NORMANDIE

Esta região possui muitos tesouros gastronômicos: queijos como "le Pont l'Evêque" ou "le Livarot", o caramelo de Isigny, licores como o "Calvados" e a sidra, ou as maçãs com as quais fazem-se o famoso "Trou normand" (licor, maçãs, menta, sal e água) que se bebe durante a comida para facilitar a digestão.

PAYS DE LA LOIRE

Aqui pode-se saborear ostras e mariscos, as famosas "rillettes" (paté caseiro) acompanhadas de um bom vinho da região de Anjou e, por fim, a sobremesa: "brioche vendéenne", um pastel típico.

POITOU-CHARENTES

A gastronomia do Poitou-Charentes tem como protagonistas os sabores do mar.
O menu típico poderia ser uma dúzia de ostras de Marennes-Oléron com pão de centeio untado na manteiga d'Echiré, depois um tortilha de caracóis ("cagouilles"), uma peça de cordeiro e por fim um pouco de queijo "cabichou".

PROVENCE-ALPES-CÔTE D’AZUL

Nos mercados da Provença podem-se adquirir todos os produtos da região: azeite, ervas provençais, figos, morangos de Carpentras, melões de Cavaillon, queijos de cabra, peixes. Saboreiam-se também algumas especialidades deliciosas: a famosa "bouillabaisse" na cidade de Marselha (sopa de pescado), "l'aïoli" (maionese com azeite e alho), a "tapenade" (puré de azeitonas negras misturado com alcaparras, anchovas e atum) ou "a ratatouille" (com verduras), tudo acompanhado com um vinho de Côtes de Provence.

As especialidades de Nice são "la pissaladière" (torta de cebola com molho de anchovas e azeitonas negras), a salada niçoise (tomates, alcachofras, pimentões, ovos duros, azeitonas negras, azeite), "le pistou" (sopa de verduras sazonada com basílico, alho, tomate, azeite).

Não se pode esquecer também os "Calissons", doces da cidade de Aix-en-provence.

RHÔNE-ALPES

O Vale do Rhône é uma região essencial na gastronomia francesa. Das aves de Bresse à sopa de trufas, sem esquecer as fondues, raclettes e o gratin dauphinois (mistura de batatas, ovos e leite), tudo  deve ser saboreado em um chalé de madeira com ambiente de montanha, com a riqueza das produções naturais que cria uma grande variedade de pratos aos quais ricos vinhedos se juntam.

Entre as especialidades de Lyon: o salsichão de Lyon, a salsicha quente com amêndoas e pistaches, o polvo com nata, as galettes "pérougiennes" e os "bugnes".

As sobremesas mais famosas são o Nougat de Montelimar (açúcar, mel, ovos, baunilha e amêndoas) e os "Marrons glacés".
Os melhores vinhos desta região são os "Beaujolais" e "Côtes du Rhône".

 

Acompanhe no artigo "As melhores mesas regionais" os endereços na Cidade Luz das gastronomias do Rhônes Alpes, da Provence, do Nord e outras destas variadas regiões que não podem faltar.

 

Mais informações