As estufas do Museu de Historia Natural reabrem suas portas

As estufas do Museu de Historia Natural reabrem suas portas

Através de uma larga renovação o Musée d’Histoire Naturelle, localizado no quinto distrito de Paris, reabre suas portas em abril de 2010.

Desde o inicio das obras em 2005, o museu foi inteiramente redesenhado e reformado. Trabalho este que requisitou o deslocamento da maior parte das plantas do local.

A cenografia estendida ao longo de 4 estufas abertas ao público permite a observação do cotidiano, do comum,  através do arranjo de luzes das «faces escondidas» dos vegetais. O percurso botânico põe em evidência a biodiversidade: abundantes florestas tropicais, áreas áridas, a flora particular da Nova – Caledônia...

Desta forma os visitantes descobrem desde as grandes arvores da floresta equatoriana às bananeiras e palmeiras das Bermudas, às plantas herbáceas como a pimenta, as samambaias, as lianas, as plantas uteis ao homem: baunilha, café, banana, pervancha de Madagascar.

A pequena galeria com efeito de grande serra, consagrada às áreas áridas, permite a apreciação da estratégia desenvolvida pelos vegetais na luta contra a falta de água: sistema duplo de raízes, estocagem para os cactos, plantas – pedras que se desenvolvem na sombra.

A flora especifica (a 75%) da Nova – Caledônia abrange aproximadamente 3700 espécies e é apresentada em 4 meios naturais: floresta úmida, floresta e campos secos, mineração subterrânea.

Por fim, os visitantes descobrem a historia evolutiva das plantas e as suas adaptações aos diferentes meios.<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Abertura ao público: Avril de 2010Preço: € 5 (meia: € 3)Abertura: das 10h às 17h, durante o inverno, e das 10h às 18h30 durante o verão.Visitas guiadas: 01 40 79 36 00Acessível para deficientes, doentes, cegos, surdos e deficientes mentais.