Descoberta dos vinhedos: Saint-Emilion, Médoc

  • Saint Emilion

    Saint Emilion

    © Atout France/Michel Angot

Descoberta dos vinhedos: Saint-Emilion, Médoc medoc fr

 

O nome de Bordeaux é frequentemente associado aos vinhos, sinônimo de qualidade e, muitas vezes uma exceção para todos os amantes do vinho. A riqueza, a qualidade e a diversidade dos vinhos de Bordeaux estão baseados na tipicidade do terroir, na experiência dos homens pela arte da mistura. Em Bordeaux são extraídas a maior parte das uvas do planeta, mas apenas lá é feita a mistura - Merlot, Cabernet e Cabernet Sauvignon - que fazem estes vinhos tão sutis, equilibrados e harmoniosos e que inveja o mundo inteiro.

Às portas da cidade, os vinhedos de Bordeaux irão lhe revelar suas múltiplas atrações...

Na Aquitaine, você poderá visitar os vinhedos e os castelos todos os dias do ano, sozinho ou em grupo. Para iniciar uma visita nos vinhedos há um local indispensável que você deve recorrer, o Escritório de Turismo ou a Maison des Vins.

Capela de Ausone, Saint-Emilion, vinhedo de Bordeaux
Capela de Ausone, Saint-Emilion, vinhedo de Bordeaux


Saint-Emilion, uma jóia em meio a um vinhedo

 Rua de Saint-Emilion
Rua de Saint-Emilion

Saint-Emilion, um encantador vilarejo medieval inscrito no patrimônio mundial da Unesco, e que está localizado no coração de um famoso vinhedo de Bordeaux.

Você será seduzido pelo charme deste vilarejo, um autêntico museu ao ar livre, onde a história é desenhada no passeio pelas ruas e ao longo da visita. Seus olhos serão atraídos pela pedra, pelos vinhedos e pelos proprietários de vinícolas que fazem sua fama. Seu paladar se deliciará com os aromas do vinho e o cheiro dos marcarons.

A visita aos vinhedos lhe permitirá descobrir as vinhas, aprender sobre as diferentes operações de viticultura, visitar as adegas e as caves de barris. E finalmente, uma degustação comentada será uma oportunidade para a troca.

Aproveite sua visita para passear nas lojas e descobrir os produtos e especialidades de Saint-Emilion!

Presentei-se com um « Samedi de l’œnologie » (Sábado da enologia), para aprender a apreciar os vinhos de Saint-Emilion, uma estadia « Détente et vins » (relaxamento e vinho), fazendo muitas visitas e relaxando no Spa Grand Barrail, ou ainda uma estadia « Bacchus Prestige » para descobrir a essência de Saint-Emilion em dois dias e uma noite num chambre d’hôtes…

Diversos pass’escapades estão disponíveis no: www.saint-emilion-tourisme.com.


Visitas imperdíveis

Novidade!

Château Villemaurine: fabulosas jazidas subterrâneas reabertas ao público.

A poucos passos de Saint-Emilion, o Château Villemaurine, Grand Cru classificado de Saint-Emilion, abriga fabulosas jazidas subterrâneas que foram reconstruídas e reabertas ao público desde setembro de 2010.

A visita, pontuada de contos e histórias, também oferece a oportunidade para iniciar na enologia e na geologia. Um momento diferente que termina com uma degustação na adega!

 Château Villemaurine

Visitas em francês ou em inglês; reserva antecipada; 12 /Adultos; 8 / jovens (12-17 anos); gratuito para crianças; 10 € para grupos (acima 10 pessoas). Aberto de terça a domingo. Informações e reservas no http://villemaurine.com.

  

  

Música e vinho no castelo

Nas prestigiadas propriedades vinícolas e monumentos classificados, as Grandes Heures de Saint-Emilion oferecem musica e vinhos nos castelos, exposições de pintura, as celebrações do solstício, o dia dos perfumes, teatro... intérpretes de fama internacional são programados todo ano.

 

Rota dos vinhos de Médoc


A rota do Médoc (D2) passa pelos mais famosos castelos: Giscours, Margaux, Mouton-Rothschild, Pichon Longueville, Kirwan... Medievais ou mais recentes, os castelos e as adegas são muitas vezes obras excepcionais: Margaux e suas colunas, Cos d'Estournel e seus toques indianos... arquitetos contemporâneos colocaram a audácia na realização de novas adegas, tais como, Lafite-Rothschild com sua imensa arena de concreto, e o azul do Château d'Arsac, que acolhe uma coleção de obras assinadas por grandes artistas contemporâneos. Aproveite o tempo para descobrir os vinhedos, mas também os charmosos vilarejos de arquitetura tradicional.

Rota dos vinhos de Médoc


O village de Bages (município de Pauillac), vilarejo de sabores e do vinho acolhe uma dúzia de casas, uma padaria – Au Baba d’Andréa, um café-restaurante, le Café Lavinal e o Bages Bazaar, uma adega e loja com objetos art de vivre, sem esquecer os Ateliers de Bages, onde se encontram artistas e artesãos, bem como o ateliê de cestas Nat’osier. Lá também encontram-se as escolas de culinária de Cordeillan-Bages e l’Ecole du Bordeaux, que permitem aos amantes do vinho, iniciantes ou mais experientes, descobrirem os segredos dos grands vins.

Aulas de degustação, visitas aos castelos e oficinas de enologia estão a disposição: www.villagedebages.com.