A Alta Idade Média

  • A Alta Idade Média

    A Alta Idade Média

A Alta Idade Média France fr

Após o Império Romano, nossos ancestrais gauleses puderam enfim se expressar. A Alta Idade Média abrange o período que vai do século V ao século XIII. A sociedade se divide, então, em nobres ricos e em camponeses subjugados.

A época dos francos, até o século X, vê os Merovíngios e os Carolíngios estenderem seu império sobre os territórios catequizados. A Igreja, toda poderosa, incita à criação de obras de arte particularmente preciosas. Assim nascem as primeiras catedrais e as grandes peregrinações como as de Roma e Compostela. A escultura sacra rivaliza com as iluminuras. As igrejas romanas abrigam relíquias veneradas. O imperador Carlos Magno (742-814) é a figura emblemática da reconquista do Ocidente.

O feudalismo, do século X ao XIII, é marcado pelas invasões normandas, sarracenas, húngaras. Sob a dinastia dos Capetos, os senhores disputam o poder, os feudos se multiplicam, os vassalos renunciam à liberdade para serem protegidos nos castelos fortificados, os servos vivem na miséria. A Igreja tem um papel importante com os movimentos monásticos que se expandem em torno de Cluny e de Cîteaux. Catedrais e igrejas góticas confirmam o poder eclesiástico. Cavaleiros, trovadores e sábios constituem uma elite. Os burgueses enriquecem graças ao comércio nascente. Luis IX (1226-1270) empreende a Oitava Cruzada em que morre, acometido da peste. Tornando-se São Luis ele deixou uma marca imperecível na França.

 

Mais informações