Alain Ducasse, à conquista do mundo

  • Alain Ducasse

    Alain Ducasse

    © Mikael Vojinovic

  • Cookpot de petite épeautre de Haute Provence, morilles et primeurs

    Cookpot de petite épeautre de Haute Provence, morilles et primeurs

    © T. Dhellemmes

  • Epaule d'agneau de lait confite, pomme boulangère, cébette et bout de jambon

    Epaule d'agneau de lait confite, pomme boulangère, cébette et bout de jambon

    © D.Bordes

  • Hostellerie de l'Abbaye de la Celle

    Hostellerie de l'Abbaye de la Celle

    © David Bordes

  • Louis XV Alain Ducasse

    Louis XV Alain Ducasse

    © B.Touillon

Alain Ducasse, à conquista do mundo Paris fr

Nascido em Landes, Alain Ducasse está, atualmente, na direção de mais de vinte restaurantes espalhados pelo mundo, dos quais três receberam três estrelas, em Mônaco, Paris e Londres. Sua curiosidade não conhece limites nem fronteiras. O mundo o inspira, ele se enche de sua riqueza cultural, de sua diversidade. Na Plaza Athénée, na avenida Montaigne, em Paris, o chefe permite que os verdadeiros sabores e os perfumes originais se expressem
com força e sutilidade.

 

Como você definiria sua profissão?

Cozinhar é esforçar-se para proporcionar um momento de felicidade aos seus clientes. Tudo é levado em conta: do guardanapo a tudo o que há ao redor - desde o sorriso da pessoa que o recebe até a decoração e a arte da mesa. É preciso encontrar a harmonia precisa do conjunto para que o momento da refeição fique registrado na memória.

 

Qual é a filosofia da sua culinária?

Eu me considero um correspondente entre a natureza e o consumidor. A natureza fornece a matéria-prima fundamental, o cozinheiro exalta o sabor original de seus produtos.

 

Quais são os valores que você compartilha na parte essencial de sua empresa?

A culinária é uma das mais belas manifestações da arte de viver da maneira francesa. Mas é preciso avivar esta tradição e evitar que ela se torne um item de museu. Devemos conservar a exigência pela qualidade e, ao
mesmo tempo, não ter medo de inovar.

 

Quais serão as grandes tendências culinárias dos próximos anos?

A culinária irá evoluir, refletindo as evoluções do mundo. Dois pontos me parecem ter um impacto direto em nossa profissão, como a emergência do Brasil, que encontra suas raízes culinárias e inventa sua tradição, e o meio-ambiente, pois os recursos do planeta não são inesgotáveis.

 

Qual prato é sua ""marca registrada""?

A ""Cookpot"", receita característica do mundo dos dias de hoje, pois trata-se de um prato ""global"".  Sete legumes da estação cozidos lentamente em uma panela personalizada e que se adapta a todas as culturas, pois os legumes são sempre os da região.

 

Quais são os produtos emblemáticos da região mediterrânea?

Legumes, frutas, cereais e peixes mediterrâneos. Mesmo que tais produtos não sejam exclusivos desta região, eles guardam um sabor bem característico, no qual podemos sentir a expressão do sol e do clima. 

 

Onde você encontra inspiração?

No modo de vida de meus contemporâneos. Eu faço a culinária mediterrânea na Riviera, mas também faço todos os tipos de culinárias parisienses - da alta gastronomia ao bistrô - em Paris. Além disso, tenho a inspiração da tradição culinária local de Osaka e de Nova York.

 

Quais especialidades ou produtos você gostaria que uma pessoa que estivesse pela primeira vez na França experimentasse?

Eu gostaria, principalmente, de tranquilizá-la e impressioná-la. Tranquilizá-la mostrando que uma refeição em um restaurante francês não tem nada de intimidante. E, em seguida, impressioná-la, mostrando a imensa diversidade da culinária francesa dos dias de hoje, seu dinamismo e sua criatividade.   

 

Mais informações

Related videos

 
 

Sponsored videos

 
 
 
 

A ver

Calendário

Ponto de interesse