Orsay, de estação de trem a museu

  • Museu de Orsay

    © © CRT Ile-de-France/J. Sierpinski

    Museu de Orsay

    © © CRT Ile-de-France/J. Sierpinski

  • Museu de Orsay

    © © CRT Ile-de-France/J. Sierpinski

    Museu de Orsay

    © © CRT Ile-de-France/J. Sierpinski

  • Museu de Orsay

    © OTCP/David Lefranc

    Museu de Orsay

    © OTCP/David Lefranc

  • © © CRT Ile-de-France

    © © CRT Ile-de-France

Orsay, de estação de trem a museu Musée d'Orsay 75007 Paris fr

Salte a bordo do trem cultural, próxima parada - Gare d'Orsay!

Antigamente uma estação ferroviária na margem esquerda do Sena, a Gare d'Orsay foi construída em 1900 como uma "casa" para os trens elétricos que correm para sudoeste da França até 1939.

Tendo sido um centro de expedição de encomendas durante a guerra, e outras vezes um estúdio de filmes, a antiga estação foi transformada e aberta como o Museu de Orsay em 1986.

Hoje abriga a maior coleção do mundo de pinturas impressionistas.

A Glória do século XIV

Projetado para se especializar em arte do século XIX, o museu é hoje arejado e leve, oferecendo um local coberto por um telhado de plataforma de vidro restaurado com o relógio original da estação ainda pendurado orgulhosamente para lembrar os viajantes do passado do edifício.

É dito que "a peça mais importante no Museu de Orsay é o próprio museu"!

Paraíso Impressionista

Onde os fãs das obras de Manet, Degas, Monet e Renoir vêm banhar-se em suas luminosas peças que refletem a vida da época.

Com uma série de esculturas, fotos e outras realizações criativas o Museu de Orsay é o lugar para visitar para um olhar profundo e variado do Movimento Impressionista.

Renovações de 2011

Em 2011, o museu passou por renovações significativas, tanto para o próprio edifício como para as suas coleções, para reforçar ainda mais a sua posição como um museu de arte especializado no século XIX.

Novas salas e um espaço dedicado a Van Gogh (contendo 24 peças, incluindo alguns dos famosos auto-retratos ) foram abertos.

O destaque do museu renovado? Sem dúvida, o 5º andar, onde a Galeria Impressionista com vista para o Sena abriga uma dúzia de salas com cinco temas distintos:

  • Origem do Impressionismo
  • A primeira exposição Impressionista (1874)
  • Pintura Morderna - Paris
  • Impressionismo em 1880
  • As fontes do século XX: Monet e Cézanne depois de 1900

As renovações também melhoraram a acessibilidade e conforto para os visitantes, embora ainda preservando a sensação de estação do edifício.

No piso térreo, as galerias situam-se em ambos os lados do edifício, dominado pelo enorme relógio dourado da estação de Laloux. Nos andares médio e superior, novas salas apresentam exposições permanentes, bem como as muitas exposições temporárias realizadas ao longo do ano.

Não perca a área de Rodin, que reúne vinte esculturas de artistas franceses, incluindo Portes de l'Enfer e bustos de bronze como L'Homme au nez cassé.

Endereço

Museu de Orsay

1 Rue de la Légion d'Honneur 75007 Paris

Related videos

 
 

Sponsored videos

 
 
 
 

A ver

Ponto de interesse