Piquenique em Paris: Seis locais para almoçar sobre a grama

By Julie Rovero-Carrez | Published on 01 agosto 2017
  • Coloque uma toalha xadrez tradicional para desfrutar de uma pausa gourmet no almoço

    © Getty Images - Xesai

    Coloque uma toalha xadrez tradicional para desfrutar de uma pausa gourmet no almoço

    © Getty Images - Xesai

Piquenique em Paris: Seis locais para almoçar sobre a grama paris fr

Quando o verão chega, sentimos uma vontade irresistível de comer fora. Em Paris, há, portanto, duas opções: procurar um lugar com terraço ou preferir a tranquilidade de um piquenique sobre um "tapete" verde. Nossos conselhos para os adeptos dos almoços sobre a grama para escolher o melhor lugar...

Quiche lorraine, saladas variadas, baguete, charcuterie, queijos, frutas frescas… a cozinha francesa e seus produtos estão repletos de possibilidades para o preparo de um piquenique saboroso. Eis nossa seleção de alguns locais parisienses que convidam à uma pausa gastronômica e nossas sugestões, evidentemente subjetivas, para compor sua cesta.

O Jardin du Luxembourg 

Você provavelmente ficará a alguns passos de Saint-Germain-des-Près! Adquirido por Maria de Médicis em 1614, ela mandou construir ali seu elegante Palais du Luxembourg, hoje sede do Senado, na pura tradição do castelo à francesa. Para seu piquenique, aposte na eficácia: uma parte de quiche lorraine de uma boa marca, seguida por uma bomba de caramelo com manteiga salgada e está pronto!

Les Buttes-Chaumont ou le parc Montsouris

O parc des Buttes-Chaumont, no norte de Paris, e o parque Montsouris, no sul, são ótimas escolhas se você ama os jardins à inglesa, ditos mais selvagens do que os franceses. Os dois criados no século XIX, tinham por vocação completar o projeto de espaços verdes nos quatro pontos cardeais de Paris (com o Bois de Boulogne, a oeste, e o Bois de Vicennes, a leste).

No Montsouris, escolha um canto com sombra de uma das 1400 árvores sobre um de seus três vastos gramados e aproveite concertos que frequentemente acontecem nos dias bonitos. No Buttes-Chaumont, opte por um passeio digestivo, a fim de descobrir todos os recantos desse parque de paisagem inspirada em montanhas e não se esqueça, sobretudo, de atravessar a ponte assinada por Gustave Eiffel.

Nesses dois parques, você poderá facilmente se espalhar: abra a toalha xadrez, retire os pratos de papel e se delicie com uma salada niçoise de verão (tomate, atum, ovos, anchovas e azeitonas pretas), frios fatiados de qualidade e uma fatia de bolo de iogurte acompanhado por alguns morangos deliciosamente perfumados!

As margens do Sena

Menos campestre, mas igualmente charmoso, podemos fazer um lanche às margens do Sena ou de um canal. Como é bom desfrutar de Paris com um sanduíche na mão... um sanduíche "parisiense" evidentemente: o famoso presunto com manteiga é de matar quando a baguete está crocante! Ele pode ser acompanhado por fatias finas (chips) de legumes, base de maçãs e uma pequena taça de vinho leve do Loire. Esse piquenique urbano acontecerá perto do Museu de Orsay ou nos cais situados embaixo da Biblioteca Nacional e particularmente animados. Para um ambiente ainda mais descontraído, opte pelas beiras do canal Saint-Martin ou do canal de l'Ourcq.

Le jardin Catherine-Labouré, idéal pour une sieste !

A dois passos da famosa loja de departamentos, Bon Marché, encontra-se um jardim incrivelmente charmoso. Perto de sua horta, sob a pérgola recoberta de vinhas ou sobre seus belos gramados, é possível fazer um piquenique prazeroso. A variedade de sua verdura – pomares, cerejeiras, groselhas... – nos dá vontade de um menu vegano: legumes crocantes e molho de iogurte e ciboulette, tabule e salada de frutas, evidentemente! 

A Cidade universitária internacional de Paris e seu ambiente estudantil

Você sabia? Paris tem um campus intramuros, situado no sul da capital, que apresenta um parque de 24 hectares aberto ao público todos os dias até as 22h. Para se inserir no ambiente estudantil e internacional, opte pelos sanduíches de frango, tomates, salada e toucinho defumado e alguns macarons de todas as cores.

Le jardin Saint-Gille-Grand-Veneur

Camuflado no Haut-Marais, esse recinto fechado propõe uma doçura perto da célebre Place des Voges. Esse modesto jardim à francesa, especialmente bem cuidado, oferece uma atmosfera romântica para um piquenique romântico diante de um hotel particular do século XVII. Para por na cesta, um croque-monsieur, um croque-madame e uma maçã do amor de sobremesa serão perfeitos!

Ainda com um pouco de fome?

Se ainda restam alguns dias de tempo bom, o jardin des Poètes (no oeste de Paris) e o parc Georges Brassens (margem esquerda do Sena) também merecem uma visita e uma pausa para um almoço gastronômico.

 

Bon appétit !

A ver

Ponto de interesse