Onde escutar Jazz em Paris

Published on 31 julho 2017
  • Onde escutar Jazz em Paris

    Onde escutar Jazz em Paris - © Atout France

    Onde escutar Jazz em Paris

    Onde escutar Jazz em Paris - © Atout France

Onde escutar Jazz em Paris Paris fr

Paris ama o jazz e o prova em casas noturnas que se dedicam a esse ritmo até o final da noite. Conheça uma seleção de 10 clubes de jazz imperdíveis para vibrar e se deixar levar.

Duc des Lombards

Clube de jazz imperdível. Verdadeira instituição das noites de jazz em Paris, o Duc des Lombards oferece um ambiente intimista o mais próximo dos músicos selecionados entre os melhores artistas e jovens promissores. Com sua programação excelente e sua acústica de qualidade, o lugar encantará os amantes de jazz ao vivo a qualquer momento da noite (várias sessões).

Jazz Club Etoile

Sala de concerto de jazz e blues. Esse cenário legendário recebeu os maiores nomes do jazz, como B.B. King ou Cab Calloway. Lá descobrimos numerosos novos talentos e uma programação que mescla os gêneros musicais, como o soul ou o blues. Esse ambiente espera por você todas as noites, que são ricas em surpresas e descobertas. O Jazz Club Etoile dispõe de uma bela carta de bebidas, que oferece uma seleção de 80 whiskies, coquetéis clássicos e outros mais criativos, tudo inventado pelo chef barman do hotel.

Caveau de la Huchette

Clube de jazz dançante. O criador de "La la Land" escolheu esse lugar parisiense mágico como cenário para uma das cenas legendárias de seu filme. Cenário imperdível do swing e do jazz, onde se vai para dançar, escutar música de qualidade e bebericar entre amigos em um ambiente caloroso. Os trompetistas e pianistas talentosos e seu repertório musical dos anos 20 o transportarão para além do tempo.

New Morning

Sala de concerto / clube de jazz. Situada em uma antiga tipografia atrás de uma fachada de ambiente underground, essa sala de concertos é famosa por sua atmosfera de Jazz e acolhedora. Lá, vivenciamos grandes concertos inesquecíveis em um clube que viu passar grandes nomes do cenário jazzístico internacional, como Chet Baker, Charlie Haden ou Prince.

Baiser Salé

Clube de jazz / café-concerto. Essa sala assume continuamente o risco de propor o inédito e pode se vangloriar de animar o jazzístico de Paris com sangue novo rapidamente lançado nos palcos internacionais. Richard Bona, Taffa Cissé, Etienne MBappé, Linlay Marthe, Geoffroy de Mazure e muitos outros estrearam lá. Essa alternância entre estrelas e promessas fazem do clube o mais atípico e inovador da capital. No bar, aconselhamos os runs de múltiplos aromas e os mojitos frescos.

Sunside / Sunset

Jazz e blues. O primeiro clube de jazz na rua des Lombards é caracterizado por sua dupla identidade. "Sunset" nos deslumbra com um jazz tradicional e "Sunside" nos desperta com uma programação mais jazz-eletrônico. Esse estabelecimento popular oferece um ambiente intimista com sua decoração bem cliche inspirada nos clubes de New Orleans. Lá ficamos à vontade entre amigos para um momento compartilhado em torno de um punch maison

Le Duke's bar

Piano-bar em um hotel. Em um ambiente elegante com charme tipicamente inglês, desfrute da atmosfera aconchegante e tranquila do local. Todas as quintas e sextas, faça uma pausa para um aperitivo ao som do jazz levado pelo piano-bar. Deixe-se tentar pelas propostas do barman Gérard para provar coquetéis inéditos.

Autour de midi... et minuit

Clube de jazz aos pés da colina Montmartre. No subsolo desse restaurante, esconde-se, em uma pequena adega abobadada, um clube de jazz onde nos embriagamos do espírito leve e despreocupado. A partir de quinta-feira, assistimos a concertos em um ambiente aconchegante, que transpira alegria, descontração e harmonia.

Studio de l'Ermitage

Cocertos de jazz e músicas do mundo. Em um cenário industrial atípico, esse local de cruzamento de culturas propõe uma programação eclética: concertos de jazz, folk ou de samba, espetáculos de cabaré, peças de teatro, filmes... No final de semana, dançamos em um salão animado, onde o público se aglomera em círculo em torno de músicos brasileiros. Um mezanino permite observar a multidão e se impregnar do ambiente acalorado.

38Riv

Clube de jazz intimista. Acolhedor e caloroso, essa pequena joia alojada no coração do Marais, brinda-nos com jazz autêntico em um ambiente familiar. Depois de descer a estreita escada e de se instalar na intimista adega abobadada, prepare-se para uma viagem musical até o fim da noite.

Related videos

 
 

Sponsored videos

 
 
 
 

A ver

Ponto de interesse