Rendez-vous em Dijon

  • © Office de Tourisme de Dijon - Atelier Démoulin

  • © Office de Tourisme de Dijon - Michel Joly

  • © Office de Tourisme de Dijon - Michel Joly

  • © Office de Tourisme de Dijon - Michel Joly

  • © Office de Tourisme de Dijon - Michel Joly

  • © Office de Tourisme de Dijon - Michel Joly

  • © Office de Tourisme de Dijon - Michel Joly

  • © Office de Tourisme de Dijon - Michel Joly

Rendez-vous em Dijon 21000 DIJON fr

Dijon, capital dos Duques de Borgonha

Capital de um poderoso ducado de dimensões européiasno fim da Idade Média, Dijon possui hoje um patrimônio arquitetônico e cultural único, maravilhosamente conservado, dentro de um dos setores conservadosdos mais importantes da França. Cidade de Arte e de História desde 2008, a capital da Borgonha une perfeitamente patrimônio, cultura e prazeres gustativos.

Lugares imperdíveis em Dijon!

  • O Palácio dos Duques e dos Estados de Borgonha e a praça da Libération.

    No fim do século XIV, os Duques Valois de Borgonha transformam o castelo ducal de Dijon em um suntuoso palácio, que foi em parte reconstruído três séculos depois para receber os Estados de Borgonha e que abriga hoje um museu. Uma das mais belas praças da França fica de frente a ele: a praça da Libération.
  • Torre Philippe-le-Bon.

    Erguidano meio do século XV, ela domina a cidade com sua altura de 46 metros e simbolizao prestígio e a potência dos Duques de Borgonha.
    A Coruja Animal, emblemática de Dijon.
    A pequena coruja esculpida sobre a fachada norte da igreja Notre-Dame tem a reputação de trazer sorte –desde que ela seja acariciadacom a mão esquerda enquanto se faz um desejo.
  • O Poço de Moïse e o Convento de Champmol.

    No final doSéculo XIV, o duque de Borgonha Philippe le Hardimanda construir nas portas de Dijon um convento para acomodar sua tumba e aquelas de seus descendentes. No centro do claustro, o Poço de Moïse, obra-prima da escultura medievalda Borgonha.
  • Casas e Hotéis Particulares:
    Hotel Chambellan, Hotel de Vogüe, Casa Millière, Casa Milsand…
    Casascomestruturas de madeira, comsaliência ou suntuosas construções em Pedra de Borgonha com os famosostetosde telhas envernizadas… Cada um desses edifícioscarrega com ele uma parcela da história da cidade.
  • As igrejas.

    Da catedral Saint-Bénigneaté a igreja Saint-Michel, passando por Notre-Dame e seu Jacquemart, esses monumentos admiráveismarcaram profundamente a paisagem urbana de Dijon chamada de“a cidade dos cem campanários”. Não pode deixar de ver: a igrejaSaint-Philibert, única igreja romana de Dijon e antiga capela dos noviços da abadia Saint-Bénigne.
  • Os Museus
    Museu das Belas-Artes, Museu Arqueológico, Museu da vida Borgonhesa, Museu de Arte Sagrada, Jardim das Ciências, Museu Magnin… Não menos do que 7 museus, testemunhas da história da cidade dos Duques, refletem todos os aspectos culturais da capital borgonhesa: Belas-Artes, arqueologia, etnologia, história e ciências naturais são ai destacados.

    Eles atendem a todos os gostos!
  • Para os apaixonados de Arte contemporânea: Le Consortium.

    Ativo há 35 anos e rotulado Centro de Arte em 1982, este centro de arte contemporânea tem como objetivo a produção e a exposição de obras contemporâneas, o enriquecimento do patrimônio público nesta área, a promoção, a difusão e a formação à arte bem como ao pensamento de hoje.
    Lily van der Stokker, Jean-Luc Godard, François Pompon, Rachel Feinstein, Cindy Sherman, Christian Boltanskiou ainda Yang Pei Ming... para citar somente alguns dos muitos artistas expostos.
  • Os Parques e jardins, Jardim Darcy, o Parque da Colombière…

  • Dijon não é unicamente uma cidade de Pedra: ela possui 700 hectares de parques e jardins, privados ou públicos.Aprecie esta harmonia entre arquitetura e natureza, que traduz maravilhosamentea arte de viver que Dijon soube desenvolver e cultivar no decorrer dos séculos.

Descobrir Dijon divertindo-se!

Caminhando, seguindo o Percurso da Coruja, uma visita guiada ou ainda andandode Segway, várias opções são-lhe oferecidas para descobrir esta cidade marcante cujos charmes não o deixarão indiferente!

  • O Percurso da Coruja.

    O “Percurso da Coruja”abre os segredos da cidade antiga em 22 etapas. Às 22 etapas do Percurso inicial convidando a saborear o charme de Dijon, o Departamento de Turismo acrescentou3circuitos: Jean-Jacques Rousseau, Zola e Moïse. 15 etapas suplementaresque darão a possibilidade aos visitantes de aprofundar sua visita no coração dos mais belos bairros da cidade.
  • As Visitas Guiadas.

    ODepartamento de Turismo de Dijon propõe o ano todo um amplo programa de visitas diversas e variadas: “Dijon, Descobrimento”, Sabores e Picantes”, “O Palácio dos Estados”... Novidades: “Em torno do Mercado central...A Feira” e “Borgonheses conhecidos e desconhecidos”
  • Passeios de Segway.

    Saia à descoberta de Dijon com essas máquinas futurísticas. Um modo de visita original, convidativoe intuitivo....a descobrir sozinho, em família ou com seus amigos...junto com um  acompanhador!

Dijon, capital gastronômica

Cachorro-quente pede mostarda. Para maior parte de nós,
brasileiros, ela é uma commodity. Tudo igual. Mas os franceses pensam diferente
e as mostardas têm centenas de sabores. Quem deseja mergulhar nesse universo
pode conhecer Dijon, a capital mundial da iguaria. Além de visitar as fábricas,
é possível abastecer a despensa com muitos potinhos. O único problema é que
você nunca mais vai olhar para um tubo de mostarda da mesma maneira. 

Mundialmente conhecida por sua alta gastronomia e sua arte de viver, Dijon é também a porta de entrada de um dos mais prestigiososvinhedos da França: a Côte de Nuits e seus vinhos de reputação mundial. A reputação da estrada dos Grandes Vinhoslhe deu o apelido de « Champs-Élysées da Borgonha ».

  • A degustação de produtos tradicionais:
    Mostarda, Pão de mel, creme de cassis, vinho… A gastronomia borgonhesa é conhecida no mundo todo: um deleite permanente espera o visitante em Dijon... 

  • Circuitos pelo vinhedo.

    A reputação da Côte de Nuits não precisa mais ser feita com seus vinhedos de fama mundial. De Marsannay-la-Côte, « Porta de Ouro da Côte de Nuits » a Nuits-Saint-Georgespassando por Gevrey-Chambertin e seus prestigiososvinhos (chambertin-fechados-de-bèze, latricières-chambertin…), aqui são produzidos alguns dos vinhos mais famosos e procurados do mundo: romanée-conti, corton-charlemagne, clos-des -lambrays para citar somente alguns …

Dijon: porta de entrada do mais prestigioso vinhedo de Borgonha

Saia à descobertadesta terra única e de suas magníficas paisagens, ao longo de estrada dos GrandesVinhos, chamadade forma justa « Champs-Elysées da Borgonha »: vinhedos até perda de vista e até mesmo um castelo no meio do vinhedo, o Castelodu Clos de Vougeot, monumento histórico desde 1949, e hoje Mestre da confraria dos Cavalheirosdo Tastevin.

Deixe-se tentar por um dos circuitos que o Departamento de Turismo de Dijon propõe aos visitantes. Por uma tarde, um dia ou sob medida, eles são realizados por profissionais apaixonados pelo vinho e por esta terra de prestígio.
Umaoportunidade únicapara iniciar-seàs técnicas de produção, visitar propriedades familiares mas também realizar um sonho: aquele de entrar no mundo mágico e misterioso dos grandesvinhos da Borgonha.

Visite, descubra, deguste, absorva essa região e suas riquezas e deixe-se conduzir comtoda tranquilidade!

Pass Dijon - Côte de Nuits.

Visitecom astúcia com o Pass Dijon -Costa de Noites!
Este Pass oferece o essencial de nossa bela destinação. 11 locais e monumentos abrem suas portas para você. Sem pressa e a seu ritmo, parta à descoberta dos segredos da antiga capital dos Duques de Borgonha e da famosaCôte de Nuits!

Você não teve tempo de ver tudo durante sua estadia? Então, não hesite em voltar, seu Pass é válido por um ano!

Eventos 

  • Maio: Salão dos Antiquários e dasAntiguidades - Palácio das Exposições e dos Congressos
  • Gare SNCF TGV:
    Paris: 1h45
    Lille: 3h00
    Lyon: 1h45
    Marselha: 3h15
    Mulhouse : 1h05 (LGV)
    Estrasburgo: 2h00 (LGV)
    Basiléia: 1h25 (LGV)
    Zurique: 2h25 (LGV)
  • Maio: Copa Motocicleta Legenda - Circuito Dijon - Prenois
  • Junho: Grande Prêmio da Idade de Ouro - Circuito Dijon - Prenois
  • Julho - Agosto: Garçom, a conta! - Concertos gratuitos nos terraços dos cafés e dos restaurantes do centro da cidade de Dijon
  • Fim de Agosto – início de Setembro: Festival Internacional das Festas dos Vinhedos de Dijon
  • Fim de Outubro – Início de Novembro: Feira Internacional e Gastronômica de Dijon - Palácio das Exposições e dos Congressos

Para chegar emDijon

  • Aeroporto:
    Dijon-Bourgogne
    Bordeaux: 1h30 (Eastern Airways)
    Toulouse:1h30 (Eastern Airways)
    Nantes:1h30 (Eastern Airways)
    Londres-Southampton:2h00 (Eastern Airways)
     
  • Autoestradas:
    Paris (A6)
    Lille-Belgique (A26 - A5)
    Metz-Luwembourg (A31)
    Strasbourg-Allemagne (A36)
    Genève (A40 - A39)
    Lyon (A31 - A6)

Contato

3 pontos de recepção:

  • Office de Tourisme: 11 rue des Forges – 21000 Dijon
  • Office de Tourisme: 15 Cour de la Gare – 21000 Dijon
  • Puits de Moïse: 1 Boulevard Chanoine Kir (CHS La Chartreuse) – 21000 Dijon

Telefone: 33 (0) 892 700 558 (a partir daFrança : 0,34 Euros/min.)

Fax: 33 (0)3 80 30 90 0

Related videos

 
 

Sponsored videos